Início Notícias Flamengo fará novos testes de covid-19 na Colômbia

Flamengo fará novos testes de covid-19 na Colômbia


Gabigol cumprimentando criança ao entrar em campo na Libertadores – Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

COLUNA DO FLA: O surto de Covid-19 tomou conta do noticiário no Flamengo. Instantes antes da viagem da delegação rubro-negra para a Colômbia, oito jogadores se tornaram desfalques por conta do novo coronavírus. Enquanto Diego Alves, Matheus Cunha, Kauã, Rodrigo Caio, Fabrício Bruno, Willian Arão e Matheus França testaram positivo, Daniel Cabral sequer embarcou por estar com sintomas. Em contrapartida, novos testes serão feitos em solo colombiano.

Como é de costume, quando um teste de Covid-19 acusa o resultado de positivo, a contraprova é realizada para confirmar o desfecho e tirarem, definitivamente, os positivados do duelo. Entretanto, os garotos, Kauã, Matheus França e Daniel Cabral nem viajaram à Colômbia e ficaram no Rio de Janeiro. Já os outros cinco vão fazer os novos procedimentos para confirmação.

De todos os oito desfalques, três são do time titular: o goleiro Diego Alves, o zagueiro Rodrigo Caio e o volante Willian Arão. Logo, Dorival Júnior “ganha” três motivos para ter dor de cabeça no duelo contra o Tolima.

TRIO DE TITULARES COM COVID
Assim como na vitória de 3 a 0 sobre o América-MG, no último domingo (26), Diego Alves será substituído por Santos. A ideia de Dorival Júnior, inclusive, é dar sequência ao goleiro ex-Athletico-PR. A tendência era de que o treinador manteria o arqueiro recém-recuperado de lesão nos 11 iniciais, mesmo se o experiente estivesse disponível. Em contrapartida, a decisão do comandante só seria confirmada logo depois dos treinos antes do jogo.

Na dupla de zaga, Rodrigo Caio também foi preservado da partida passada, diante dos mineiros, e o substituto foi Gustavo Henrique. Para o duelo na Colômbia, a tendência é que Gustavo volte a ser titular. Um dos concorrentes que poderia brigar por posição com o camisa 2, Fabrício Bruno, também está com Covid-19 e desfalca o setor defensivo junto com o número 3.

Já Willian Arão é o terceiro atleta considerado titular que testou positivo para Covid-19 antes do embarque à Colômbia. A presença do camisa 5 era certa, já que João Gomes, suspenso, é desfalque esperado. Dessa forma, o mais óbvio para a “volância” é que Thiago Maia e Andreas Pereira formem a dupla à frente da linha de zaga.

Com todos esses problemas, Dorival terá problemas não só para definir os 11 titulares, mas também para definir o banco de reservas na Colômbia. Lembrando que o jogo de ida das oitavas de final da Libertadores acontece às 21h30 (horário de Brasília) da próxima quarta-feira (29), em Ibagé.