Início Notícias Com retorno de Fernandinho, quase metade dos convocados do Brasil para a...

Com retorno de Fernandinho, quase metade dos convocados do Brasil para a Copa do Mundo de 2018 foram ‘repatriados’

O retorno de Fernandinho ao Athletico-PR foi uma das grandes notícias do dia. Ídolo do Furacão, o volante está de volta ao Furacão após 17 anos no futebol europeu, onde vestiu as camisas do Shakhtar Donetsk e do Manchester City, e também conquistou a idolatria das duas torcidas – além de ter empilhado uma série de troféus.

De volta ao Clube onde começou profissionalmente, o volante é mais um entre os muitos jogadores que integraram o elenco da Seleção Brasileira na Copa de 2018 e voltaram ao Brasil desde o término do torneio. No período, foram quatro anos, marcados pelo retorno de quase metade dos atletas que atuavam no exterior na época.



Dos 23 jogadores chamados por Tite para o Mundial, 20 jogavam fora do país: 19 na Europa e um – Renato Augusto – na China. Desses vinte, oito já retornaram para o Brasil, de forma temporária ou definitiva, contando com Fernandinho; ou seja, 40% dos jogadores que estavam no exterior quatro anos atrás.



Além do ex-capitão do Manchester City, o zagueiro Miranda retornou ao país para jogar no São Paulo no ano passado; Filipe Luís chegou ao Flamengo em 2019; Willian, Paulinho e Renato Augusto retornaram ao Corinthians entre o ano passado e este ano; Taison acertou sua volta ao Inter no ano passado; já Douglas Costa retornou ao Grêmio também em 2021, mas ficou pouco tempo e se transferiu para o Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos.



Além deles, o lateral-esquerdo Marcelo está livre no mercado após não ter o contrato renovado com o Real Madrid. Embora atraia o interesse de equipes brasileiras, o multicampeão pelos Merengues prioriza ficar na Europa.

Confira todos os jogadores da Seleção na última Copa que “repatriados” desde 2018:

Miranda (zagueiro): estava na Inter de Milão em 2018; foi para o Jiangsu Suning, da China, em julho de 2019, e retornou ao São Paulo em março de 2021;

Filipe Luís (lateral-esquerdo): estava no Atlético de Madrid em 2018; foi para o Flamengo em julho de 2019;

Fernandinho (volante): estava no Manchester City em 2018; voltou para o Athletico-PR nesta segunda-feira (26) e atuará pelo Furacão no segundo semestre de 2022;

Paulinho (volante): estava no Barcelona em 2018; retornou ao Guangzhou Evergrande, da China, em julho de 2018; passou rapidamente pelo Al Ahli, da Arábia Saudita, entre julho e setembro do ano passado, e voltou ao Corinthians em dezembro de 2021;

Renato Augusto (meio-campista): estava no Beijing Gouan, da China, em 2018; ficou no Clube até julho do ano passado, quando acertou seu retorno ao Corinthians;

Willian (atacante): estava no Chelsea em 2018; ficou nos Blues até agosto de 2020, quando fechou contrato com o Arsenal; exatamente um ano depois, o atacante deixou os Gunners e acertou seu retorno ao Corinthians;

Taison (meia-atacante): estava no Shakhtar Donetsk em 2018, onde ficou até abril do ano passado, quando sacramentou sua volta ao Internacional;

Douglas Costa (atacante): estava na Juventus em 2018, onde ficou até outubro de 2020, quando foi emprestado ao Bayern de Munique; após ficar pouco tempo na Alemanha, ele foi cedido pela Juve ao Grêmio, em maio do ano passado, onde ficou até dezembro. Após o rebaixamento do Tricolor, Douglas Costa acertou com o Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos.

Fonte: Bolavip