Início Notícias Após receber Pix do Fla, P. Sousa caminha para treinar nova equipe...

Após receber Pix do Fla, P. Sousa caminha para treinar nova equipe e possível destino é exposto

O torcedor rubro-negro está desapontado com a temporada do Flamengo. A expectativa era que com a chegada do português Paulo Sousa, o time conseguisse corrigir o que acabou não funcionando em 2021. Mas o que se viu ao longo dos jogos, foi um quadro bem distante do esperado. A perda do título do Carioca para o Fluminense e a sequência de resultados negativos no Campeonato Brasileiro resultaram na troca do Paulo Sousa pelo Dorival Júnior.

Quando o português veio ao time do Urubu, foi necessário pagar uma multa para a seleção polonesa, onde o treinador trabalhou. Após pagar cerca de R$ 2 milhões a Federação, o time carioca assinou um contrato com o profissional contendo multa com mais do que o triplo do valor. O fim da história os flamenguistas já conhecem: PS demitido e recebendo algo em torno de R$ 7,5 milhões de rescisão do Clube. Agora desempregado, Paulo Sousa já teria um novo destino no radar.



Segundo informação da rádio OnSportFM, a seleção do Egito coloca o treinador como a prioridade para a equipe egípcia. O profissional teria como missão comandar o time de Mohamed Salah, capitão e camisa 10 do elenco. Este seria o terceiro selecionado nacional com que Paulo Sousa trabalharia, pois, além de ter sido técnico da Polônia, ele ainda participou da comissão técnica de Felipão em Portugal.

Getty images/Gallo Images – Após Flamengo, Paulo Sousa pode assumir Egito de Salah.

O Egito não conseguiu se classificar para a Copa do Mundo do Catar, no final deste ano. Em um dos formatos de classificação mais difíceis para o Mundial, a África coloca seleções para se enfrentarem em mata-mata na última fase. Com isso, o time de Salah acabou pegando o Senegal no confronto final. Sendo uma das melhores seleções do continente, atual campeã da Copa Africana de Nações, foi a equipe de Sadio Mané que conseguiu a vaga para o torneio da FIFA.



Em caso de confirmação no negócio, esta será a segunda vez que Paulo Sousa terá a responsabilidade de treinar um craque de nível mundial em seleção. Na Polônia, o técnico tinha como principal arma do time o centroavante do Bayern de Munique, Robert Lewandowski. Após deixar o time às vésperas das eliminatórias para a Copa, Lewa se pronunciou contra PS, dizendo ter ficado “incrédulo e chocado” com a decisão.

Fonte: Bolavip