Início Notícias "Multa e suspensão"; diretoria do Atlético toma atitude contra atacante e Flamengo...

"Multa e suspensão"; diretoria do Atlético toma atitude contra atacante e Flamengo é pego de surpresa 

(Fotos: Bruno Cantini / Agência Galo / Atlético)

O Flamengo foi ‘pego’ de surpresa com uma atitude do Atlético Mineiro. O Clube mineiro foi até o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e pediu para que uma punição fosse aplicada ao atacante Gabigol, após declarações do jogador no pós-jogo da última quarta-feira (22), pela Copa do Brasil. Na visão do Clube atleticano, o atleta flamenguista teria incitado a violência.

Ao ser derrotado por 2 a1, no Mineirão, o jogador flamenguista acabou dizendo que no jogo de volta no Rio de Janeiro o clima seria outro: “Agora temos outro final de semana e depois vamos para a Libertadores. Quando eles forem para lá vão conhecer o que é pressão e o que é inferno.



Com isso, os mineiros entenderam como incitação a violência e pediu para que o atacante fosse punido. No mesmo dia, o atacante Hulk, do time Alvinegro chegou a ‘rebater’ a frase dita pelo jogador: “Então, não tem nenhum menino. Sabemos enfrentar a pressão que for, mas o importante é fazer o que o professor pede, entrar concentrado e dar o meu melhor.”

(Foto: Fernando Moreno/AGIF) Atlético pede que Gabigol seja punido

Tomando essa atitude, o Atlético baseia-se em dois artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva:Art. 243-D: Incitar publicamente o ódio ou a violência. Pena: multa e suspensão de 360 a 720 dias; Art. 258: Assumir conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva. Pena: suspensão de uma a seis partidas. Caso for realmente punido e julgado, o Flamengo deverá entrar com recurso para tentar reverter a situação.



Fonte: Bolavip