Início Notícias ‘Estou ansioso para estrear e poder sentir o calor da torcida’, diz...

‘Estou ansioso para estrear e poder sentir o calor da torcida’, diz Everton Cebolinha

Foto: Reprodução

O Flamengo anunciou nesta segunda-feira (20) o novo reforço do clube, Everton Cebolinha, que chega para aumentar o poder do ataque Rubro-Negro. Contudo, o jogador só poderá estrear no dia 18 de julho, que é quando abre a janela de transferência internacional. Sendo assim, o jogador comentou sobre a chegada ao novo clube e o processo de espera para vestir o Manto sagrado em entrevista na Fla TV.

 

“Estou muito feliz, realizado e ansioso também. Estou doido para poder estrear e sentir o calor da torcida dentro de campo. Vou ter um tempinho ainda para me preparar, onde sofrerei um pouquinho de ansiedade, em ver meus companheiros jogando e não podendo está em campo. Contudo, vou procurar trabalhar para me manter em forma pra quando puder ser solicitado, dar conta do recado”, disse o novo reforços do Flamengo.

 

“Sei das minhas responsabilidades. Sei da importância de vestir uma camisa de um clube do tamanho do Flamengo, onde temos que triplicar as reponsabilidades. Mas vou me preparar bem para poder corresponder as expectativas. Fico feliz com a recepção da torcida, encheram minhas redes sociais de mensagens. Espero poder retribuir conquistando títulos”, concluiu.

Além disso, o craque falou sobre a escolha pelo número, relação com o elenco, experiência na Europa, lugar onde prefere jogar e por fim, um possível retorno a Seleção Brasileira.

Número 19

“Escolhi o número 19 por ter boas recordações com a camisa da Seleção Brasileira, onde eu fui campeão com este número no Maracanã. Então, espero poder repetir esse feito, agora pelo Flamengo”.

Elenco

“Fico muito feliz em poder jogar com esse grupo, sei da qualidade individual de todos. Alguns já conhecia, porque tive o prazer de jogar junto com eles na Seleção e agora estaremos juntos de novo representando as cores do Flamengo”.

 

Experiência na Europa 

“Creio que evoluir muito na parte tática e na física, esses foram os principais aspectos onde pude evoluir na minha passagem na Europa. Espero agora, poder contribuir e ajudar o Flamengo”.

Formação 

“Claro que gosto mais de jogar pelo lado esquerdo, porque gosto de fazer uma jogada característica minha de puxar pra dentro e finalizar. Mas quem decidirá isso será o professor Dorival Júnior, porque ele que vai saber a melhor escolha pro time”.

Seleção 

“O Flamengo é uma boa vitrine, mas este não foi o principal motivo. Quis voltar por ser Flamengo, creio que se eu fizer um bom trabalho aqui, eu serei lembrado. Desde o primeiro contrato com o clube, lá em janeiro, eu já havia dado o ‘ok’ para a diretoria. Contudo, estava no meio de campeonato com o Benfica”.

 

Fonte: Diário do Fla

Quer ficar sempre informado sobre as últimas notícias do Flamengo? Instale o app do Flamengo para Android, e receba notícias do Flamengo em tempo real.