Início Notícias ‘A falta de agressividade do Flamengo na marcação chamou atenção’, diz comentarista

‘A falta de agressividade do Flamengo na marcação chamou atenção’, diz comentarista

Foto: Gilvan de Souza/CRF

No último domingo, no Mineirão, o Flamengo enfrentou o Atlético-MG no Mineirão. Depois da vitória contra o Cuiabá, o Rubro-Negro voltou a ter má atuação diante do Galo e acabou derrotado por 2 a 0. Na manhã desta segunda-feira, durante o ‘Sportscenter’, o comentarista Leonardo Bertozzi falou sobre o desempenho do Fla.

”O Flamengo sofreu por 10 minutos, mas depois teve duas defesas seguidas do Everson que parecia que seria um jogo lá e cá, um daqueles grandes jogos. Mas foi por parte do Atlético, por parte do Flamengo nunca foi. Nunca foi um jogo do nível que você exige para superar um adversário do nível do Atlético. Era um Atlético muito forte com bola e você não pode marcar de longe, cercando. A falta de agressividade do Flamengo na marcação chamou atenção”, disse o comentarista, antes de emendar:

”A individualidade do Flamengo caiu de produção. O Everton Ribeiro, por exemplo, entregou pouco com bola. E sem bola, o Atlético criou muito do lado dele. O Matheuzinho ficou vendido por uma falta de cobertura e recomposição. Pelo outro lado, a mesma coisa com o Vitinho. O Marinho entrou também por isso, para dar um pouco mais de cobertura sem bola. Mas não adiantou. Porque ele troca o Everton e ele não rende do outro lado. E o que acontece com o Flamengo? É muito difícil marcar o Arrascaeta, mas e se você não fizer a bola chegar nele? O Flamengo vai funcionar? É um time hoje com o funcionamento bem complicado”, complementou.

Fonte: Diário do Fla

Quer ficar sempre informado sobre as últimas notícias do Flamengo? Instale o app do Flamengo para Android, e receba notícias do Flamengo em tempo real.