Início Notícias “Cara espetacular, mas…”; Zico não hesita e comenta problema de Paulo Sousa...

“Cara espetacular, mas…”; Zico não hesita e comenta problema de Paulo Sousa no Flamengo e bronca em Gabigol

Parece que Zico encontrou a fórmula secreta para Gabigol desencantar e fazer gols. Em entrevista ao Charla Podcast, o Galinho de Quintino revelou conversa com o jogador do Flamengo e situação inusitada que teria dado sorte ao atacante rubro-negro. Além disso, Zico também contou que Gabriel Barbosa recebeu uma bronca antes da partida contra o Cuiabá.

“Fui lá e dei um esporro nele. Fui lá fazer o ‘Fala, Vegeta!’ (Programa da TV Fla), no dia do jogo. Falei para ele: Cara, tu veio aqui no meu canal, passou a mão (na perna do Zico), levou tudo que é gol. Eu mandei você levar título, você levou títulos, eu não ganhei mais nada no Kashima (risos)”, disse o craque, que ainda brincou sobre como a sorte se repetiu: “Agora, está há muito tempo sem fazer gol. Ele disse: ‘não, só dois jogos’. Eu disse: ‘é muito, passa a mão aí de novo pra fazer gol’. Pergunta se ele não fez gol (risos), um foi anulado e o outro valeu (contra o Cuiabá)”, contou.



Outro ponto abordado por Zico foi a polêmica saída de Paulo Sousa, que não conseguiu obter sucesso com o elenco rubro-negro. “É um cara espetacular, mas tem um pensamento de futebol que é bem parecido com a maioria que tá na Europa. Aqui acho que temos que saber usar nossas raízes. E quais foram os melhores times dos últimos anos? Os que tinham os mesmos padrões, os jogadores jogavam nas mesmas posições”, analisou Zico.



O Galinho recordou também o Flamengo de 1981, que tinha jogadores que conseguiam se adaptar a posições diferentes, algo que acabou não funcionando com Paulo Sousa, e foi justamente um dos motivos de insucesso do português. “O Flamengo de 81 tinha três jogadores que jogavam bem em outras posições. O Leandro, que funcionava até de goleiro, é um gênio, fora do normal. Você não sabia se era destro ou canhoto, domina, chuta, passa da mesma forma. O Tita, que joga bem pela esquerda, direita e meio. E o Lico, que chegou depois. Aí pode fazer com esses uma mexida”.



“O Adílio é um cara que joga no meio. Na esquerda era fortíssimo. Agora bota ele na direita pra fazer o que faz pela esquerda. Não faz. Eu comecei querendo jogar em qualquer lugar, mas depois que fui pra minha, acabou, não vou mudar. Tem alguém melhor? Me tira e eu fico esperando uma oportunidade, do que você se mandar pra outro lugar”, finalizou.

Fonte: Bolavip