Início Notícias Diretoria do Flamengo decide fazer mudanças de funções entre dirigentes

Diretoria do Flamengo decide fazer mudanças de funções entre dirigentes

(Foto: Reprodução)

Treinador demitido, três derrotas nas três últimas rodadas, equipe oscilando entre os tempos e beirando a zona de rebaixamento. Esse é o atual momento que o Flamengo vai vivendo na temporada.

Dorival Júnior chegou com a função de ser um ‘bombeiro’, organizando o time a ajudando a apagar esse incêndio que permanece no ambiente rubro-negro. O treinador estreou no último sábado com derrota para o Internacional.

Os torcedores vêm cobrando muito a diretoria, a postura adotada pelos dirigentes tem irritado a Nação que nos jogos vem protestando contra os integrantes da diretoria. Rodolfo Landim e Marcos Braz são os principais alvos.

Algumas decisões tomadas internamente, acabam repercutindo muito entre os torcedores. Mas dessa vez uma decisão tomada acabou não agradando integrantes da diretoria e as coisas ficaram agitadas nos bastidores.

De acordo com o jornal ‘O DIA’, a decisão tomada pelo presidente Rodolfo Landim de delegar a função de ‘relação com a CBF’ para Bruno Spindel, não caiu bem nos corredores da Gávea. A ordem pegou muitas pessoas de surpresa e causou um certo mal-estar entre membros da atual gestão.

A função era responsabilidade do VP de Relações Externas do clube, Cacau Cotta. Agora o atual diretor executivo de futebol do clube vai acumular mais essa função na gestão de Rodolfo Landim no Mais Querido.

 

Fonte: Diário do Fla