Início Notícias Últimas semanas de Paulo Sousa no Flamengo foram complicadas

Últimas semanas de Paulo Sousa no Flamengo foram complicadas

(Foto: Reprodução)

Na noite desta quinta-feira, o Flamengo anunciou oficialmente a demissão de Paulo Sousa. Após a derrota contra o RB Bragantino, onde mais uma vez a equipe teve um rendimento muito baixo, o português não resistiu e foi desligado do clube.

O Mais Querido ainda não confirmou de maneira oficial, mas Dorival Júnior deve ser anunciado nas próximas horas. O treinador já se despediu dos jogadores do Ceará, seu antigo clube, e é aguardado pelos dirigentes do Flamengo nesta sexta-feira, em Porto Alegre.

Com seis meses à frente do Mais Querido, Paulo Sousa não conseguiu extrair o melhor dos jogadores rubro-negros. A equipe não mostrava evolução, vencia os seus jogos sem convencer e não apresentava o futebol vistoso que virou característica do Flamengo.

O somatório de todas essas coisas negativas acabou culminando na sua saída, que ainda demorou devido a falta de profissionais para assumirem a equipe interinamente, e as últimas semanas do treinador foram complicadas.

De acordo com a jornalista Raisa Simplício, as duas últimas semanas de Paulo Sousa no comando do Flamengo foram bem difíceis. Até mesmo David Luiz, um dos jogadores que mais deu apoio ao treinador durante sua passagem no Mais Querido, não entendeu algumas atitudes tomadas.

Na coletiva da última quarta-feira, pode-se ver um Paulo Sousa menos enérgico nas suas respostas. Com um semblante de que havia aceitado o seu insucesso na passagem pelo Flamengo, bem diferente da coletiva após a derrota para o Fortaleza.

 

 

Fonte: Diário do Fla