Início Notícias ‘Atlético-MG é favorito porque o Flamengo não dá sinais de melhorias’, diz...

‘Atlético-MG é favorito porque o Flamengo não dá sinais de melhorias’, diz Osvaldo Pascoal

(Foto: Marcelo Cortes)

Na tarde desta terça-feira, foi realizado na sede da CBF, o sorteio dos confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil. O destino traçou o duelo entre Flamengo e Atlético-MG, que para muitos será uma final antecipada.

Vivendo um momento turbulento, o Mais Querido vai enfrentar um dos seus adversários diretos pelos principais títulos na temporada. Com a situação de Paulo Sousa cada vez mais complicada, os torcedores rubro-negros não tem confiança de que com o treinador as coisas vão acontecer.

Durante o programa ‘ESPN FC’, Osvaldo Pascoal afirmou que é um confronto pesado. Mas o comentarista garantiu que neste momento o Atlético-MG leva vantagem, pela crise que o Flamengo vive na temporada.

“Se jogassem amanhã, o Atlético-MG é favorito porque o Flamengo não dá sinais que vai melhorar. O Flamengo contra o Goiás em casa venceu, mas suou para vencer. Contra o Fluminense foi amassado no segundo tempo. Contra o Fortaleza, chegou a empatar a partida mas não merecia porque o tricolor foi muito superior. O Flamengo não dá sinais que está em evolução, tem grandes jogadores no seu elenco. Mas se o jogo fosse hoje, o Atlético-MG é favorito”, disse Osvaldo Pascoal.

Eugênio Leal afirmou que o Flamengo é um time de muita qualidade mas desiquilibrado e sem harmonia, mas se uma mudança de treinador ocorrer as coisas podem até melhorar para o Mais Querido.

“O Flamengo tem muita qualidade, mas é um time desequilibrado e sem harmonia. Em alguns jogos ele consegue fazer um esforço coletivo maior e consegue ter um melhor desempenho, tem acontecido na Libertadores. Mas mesmo assim, ainda é um time muito frágil defensivamente e contra o Atlético-MG isso é quase mortal. Se o Galo não é o time do ano passado, é mais confiável do que o Flamengo. Mas em uma saída do Paulo Sousa, as coisas podem mudar, o time pode voltar a atuar bem”.

Fonte: Diário do Fla