Início Notícias Pressionado no Flamengo, Paulo Sousa fica ‘na parede’ com elenco e Landim...

Pressionado no Flamengo, Paulo Sousa fica ‘na parede’ com elenco e Landim toma atitude sobre futuro

Depois da derrota por 2 a 1 para o Fortaleza na última partida, no domingo (5), diante de cerca de 63 mil torcedores no Maracanã, o Flamengo entrou outro capítulo de sua crise interna envolvendo o técnico Paulo Sousa. Isso porque, além do resultado negativo em casa, suas falas durante a coletiva de imprensa pós-jogo, “culpando” erros individuais dos jogadores, não pegou bem com elenco e diretoria.

Por outro lado, na reapresentação do elenco no Ninho do Urubu nesta segunda-feira (6), o português comandou a atividade normalmente e vai viajar com a delegação para as partidas contra o Red Bull Bragantino e o Internacional, ambas fora do Rio de Janeiro. Mesmo que haja um burburinho constante sobre um possível substituto do treinador, o dia do Flamengo foi tratado com “normalidade”.

A decisão sobre a demissão do lusitano está nas mãos de Rodolfo Landim, que tem a influência de Marcos Braz. Ambos, inclusive, eram defensores da continuidade do treinador no clube, mas já entendem que as crises com torcida e elenco estão minando a paciência. Os dirigentes, inclusive, estiveram no CT, mas, segundo o Globo Esporte, não tiveram nenhuma reunião para “cobrar” Paulo Sousa.

Depois de perder para o Fluminense na final do Campeonato Carioca e ter um início instável no Brasileirão, o português empilhou polêmicas, principalmente em entrevistas coletivas. O ponto alto da insatisfação flamenguista com Paulo Sousa se deu durante o “conflito” com Diego Alves, que tem retrucado internamente, e agora ao responsabilizar os jogadores pela derrota contra o Fortaleza, o que criou um “climão” entre jogadores e dirigentes.





Fonte: Bolavip