Início Notícias ‘Flamengo não consegue ter paz e tranquilidade nem quando vence’, diz Gian...

‘Flamengo não consegue ter paz e tranquilidade nem quando vence’, diz Gian Oddi

Hugo-Souza-Flamengo
(Foto: Alexandre Vidal)

Nesta terça-feira, o Flamengo venceu o Sporting Cristal por 2 a 1, no Maracanã, em partida válida pela última rodada da fase de grupos da Libertadores. Mesmo com a vitória, o Mais Querido voltou a fazer uma atuação muito abaixo e com mais uma falha de Hugo foi vaiado no fim da partida.

O Flamengo apresentou dificuldades contra a equipe peruana que foi o pior time do grupo, defensivamente o Mais Querido deu muitos espaços e permitiu que por algumas vezes, os jogadores do Cristal chegassem cara a cara com Hugo Souza.

No fim da partida, Hugo Souza voltou a falhar no gol dos peruanos e a torcida voltou a vaiar o jovem. Após o apito final, os protestos contra a diretoria e as vaias ao time de Paulo Sousa voltaram a ecoar no Maracanã, e o clima voltou a ficar ruim para o clássico de domingo.

Durante o programa ‘Linha de Passe’, os comentaristas falaram sobre a partida do Flamengo. Gian Oddi afirmou que esse o Mais Querido não tem paz nem mesmo quando vence as suas partidas.

“É um Flamengo que não consegue ter paz e tranquilidade nem quando vence, hoje esteve longe de ser um Flamengo brilhante. Entendo que ninguém vai vencer e ser brilhante todas as partidas, mas vejo que o Flamengo teve melhores atuações do que na partida de hoje. Quando o Flamengo está vencendo um jogo tranquilo e parece que nada de ruim va acontecer, aparece algo que gera uma notícia, um fato, meme, pautas. É incrível como o clube não consegue ter tranquilidade, às vezes pelas atitudes dos dirigentes, outras vezes por um lance que mude todo o enredo da partida”, disse Gian Oddi.

Paulo Calçade afirmou que se a situação do Flamengo com o seu torcedor estivesse em maior harmonia, esse seria um resultado e atuação aceitável. Mas ressaltou que sem Arrascaeta e Everton Ribeiro, o Flamengo tem muitas dificuldades.

“Se o Flamengo vivesse um momento de mais harmonia, felicidade do torcedor, o jogo que não foi bom hoje seria um jogo que o torcedor iria tolerar. Como a realidade é outra, e o goleiro vem sendo um problema para o torcedor o que acontece, tudo fica maior. O Paulo Sousa como já estava classificado fez mudanças pensando no Fla-Flu de domingo. E classificado ele vai para um outro tipo de jogo, não é um jogo que estaria desesperado para se classificar, foi para a partida moldado as necessidades. Jogadores importantes foram poupados, sem Arrascaeta e Everton Ribeiro, o Flamengo tem muitas dificuldades”.

Fonte: Diário do Fla