Início Notícias Jorge Jesus volta à tona no Flamengo e imprensa cutuca: “Não se...

Jorge Jesus volta à tona no Flamengo e imprensa cutuca: “Não se livrou da panela de 2019”

Os momentos polêmicos nos bastidores do Flamengo continuam incendiados. Depois da entrevista coletiva de Paulo Sousa, após a vitória por 3 a 0 diante da Universidad Católica, do Chile, na última terça-feira (17), em que o treinador falou sobre Diego Alves, os “ânimos” no Ninho do Urubu escalaram. Além do goleiro, outros jogadores com liderança no vestiário rubro-negro pediram retratação pública.

Um deles foi Diego Ribas, um dos mais experientes do elenco. Entretanto, o posicionamento deste grupo no Flamengo não foi bem visto por alguns expoentes da imprensa esportiva. Foi o caso do jornalista Arnaldo Ribeiro, que falou sobre o fato de o clube carioca ainda não ter conseguido se livrar da “panela” de jogadores que viveram o auge da equipe em 2019, e também citou Jorge Jesus.

“A verdade é que o Flamengo ainda não conseguiu se desvencilhar do fantasma do Jorge Jesus e nem da panela vencedora. É uma panela o que rola por lá, e ela é formada por jogadores e dirigentes, que são amigos e têm relações fortes. Não tem nada de profissionalismo, zero”, disse o jornalista, durante o debate dia live da última edição do podcast “Posse de Bola”, transmitido pelo UOL Esporte.

Para ele, a ‘panela’ prejudica o trabalho do clube em níveis estruturais e acaba por “fritar” os treinadores que passam por lá “Quando eles (diretoria do Flamengo) renovam com esses jogadores simbólicos, quais os serviços prestados? É como se fosse uma panela, na amizade. E aí sabe quem se ‘ferra’? Sempre o treinador. E não é só o Paulo Sousa, é o Rogério (Ceni) e até o Renato (Gaúcho)”, completou Arnaldo.





Fonte: Bolavip