"Segue completamente sem moral"; Paulo Sousa não aprova medalhão, que está 'escanteado' no Flamengo

O Flamengo respirou após ter vencido a Universidad Católica, por 3 a 0, pela 5ª rodada da Copa Libertadores da América, garantindo participação nas oitavas de final e ficando como 1º colocado de seu grupo. A equipe comandada por Paulo Sousa teve atuação extremamente segura, sem levar sustos, construindo um placar que trouxe tranquilidade durante os 90 minutos.



A expectativa é que esse bom desempenho seja visto novamente diante do Goiás, no próximo sábado (21), às 16h30, no Maracanã, até porque após 6 rodadas, o Mais Querido somou apenas 6 pontos e está na parte debaixo da tabela. Para que isso seja possível, o treinador português deve optar pela equipe titular, justamente visando não dar chances ao azar.

Com os 11 iniciais sendo a equipe considerada ideal, os reservas novamente devem apenas entrar no decorrer dos jogos, mas existem algumas opções do atual elenco que nem isso estão conseguindo, aparentemente sendo “escanteadas” pelo Mister. Um dos principais casos, que segue completamente sem moral, é Marinho, reforço anunciado nessa temporada.

Foto: Thiago Ribeiro/AGIF - Marinho segue sem receber muitas chances.
Foto: Thiago Ribeiro/AGIF – Marinho segue sem receber muitas chances.

O medalhão, de 31 anos, foi acionado apenas justamente quando o Rubro-Negro atuou com um time alternativo, no duelo com o Altos-PI. Nessa linha, desde 23 de abril, quando foi titular na derrota para o Athletico-PR , o atacante ex-Santos só entrou em campo nas partidas da Copa do Brasil, mas não entregou o esperado nas chances que recebeu até aqui.



No geral, em 17 jogos, sendo sete como titular, o camisa 31 soma apenas um gol e duas assistências. Sua nova função e o esquema diferente usado pelo treinador flamenguista também atrapalharam a ascensão do jogador, que já chegou a falar sobre a adaptação após a partida contra o São Paulo, na qual foi decisivo como um ponta-esquerdo de um time que atuava com uma primeira linha com três homens. Porém, atualmente, os cariocas tem jogado com 2 linhas de 4, com Lázaro sendo acionado, ao invés de Marinho.

Fonte: Bolavip