"Nem Diego Alves e nem P. Sousa"; Torcida dá trégua para português e pede para presidente mandar embora novo 'vilão'

O Flamengo está em crise e nem mesmo a vitória contra a Universidad Católica deixou o ambiente melhor internamente. Paulo Sousa entrou em rota de colisão com Diego Alves e os dois praticamente não se falam no CRF. Em entrevista coletiva, o comandante português disse que Diego se colocou à disposição para jogar na Libertadores e teve uma recuperação um pouco tanto surpreendente.



Nos bastidores, o ídolo flamenguista disse que não falou isso e que, em reunião com Bruno Spindel, ele falou exatamente ao contrário, que não poderia jogar porque ainda estava sentindo dores. O dirigente do Fla, segundo o GE, confirma a versão do goleiro, mas prefere não falar sobre isso publicamente.

Nas redes sociais, os flamenguistas perderam a paciência com o diretor executivo do Mengão e pedem sua saída imediata do Clube. Na visão dos rubro-negros, o dirigente já está fazendo hora extra no CRF e chegou a hora de trazer outro cartola para o setor. Lembrando que essa função é renumerada e é um cargo muito prestigiado no meio do futebol.



Spindel vem perdendo força também internamente. Muitos conselheiros questionam o que realmente ele faz no dia a dia, tendo em visto que a comunicação entre técnico, jogador e diretoria é falha, algo que ele poderia consertar esse tipo de coisa. Landim mais uma vez é pressionado para mudar o departamento de futebol nesta temporada.



Bruno Spindel está no Rubro-Negro desde a gestão Eduardo Bandeira de Mello e era muito bem aceito internamente. No entanto, as coisas foram mudando com o passar do tempo e as falhas no departamento de futebol caem em seu colo junto com o VP Marcos Braz.

Fonte: Bolavip