Início Notícias ‘Flamengo é uma zona, trabalho de campo de Paulo Sousa é o...

‘Flamengo é uma zona, trabalho de campo de Paulo Sousa é o menor dos problemas’, diz Gustavo Zupak

Paulo-Sousa-Flamengo
(Foto: Gilvan de Souza)

Após uma boa vitória sobre a Católica na última terça-feira, o clima no Flamengo segue muito turbulento e recheado de polêmicas. Depois das declarações de Paulo Sousa expondo Diego Alves e Bruno Spindel, as coisas pioraram.

Nesta quinta-feira, os jogadores se representaram e iniciaram a preparação para o confronto do próximo sábado, contra o Goiás, às 16h30, no Maracanã, em partida válida pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro.

No Ninho do Urubu aconteceu uma reunião entre Paulo Sousa, Bruno Spindel, Márcio Tannure, Diego Alves e as principais lideranças do elenco para aparar as arestas. Ficou decidido que após o jogo contra o Goiás, os dirigentes vão falar sobre o momento que o clube vive.

Durante o programa ‘Sportcenter’, os comentaristas fizeram uma analise dos clubes brasileiros para a sequência da Libertadores. André Kfouri ressaltou que o elenco do Flamengo é muito qualificado, mas o momento que o clube vive pode atrapalhar as pretensões do time na competição.

“Em uma avaliação potencial sim, é preciso considerar o que está acontecendo no Flamengo, no departamento de futebol do clube. De que maneira essas questões vão afetar ou não o desempenho do time, que vive uma dificuldade para se firmar coletivamente e se construir. Mas no ponto de vista potencial não se discute que o elenco do Flamengo é um dos melhores da Libertadores”, disse André Kfouri.

Gustavo Zupak afirmou que tinha dúvidas sobre o Flamengo no início da competição, devido a chegada de Paulo Sousa e a adaptação do elenco. O comentarista garantiu que a dúvida está maior, pois o Flamengo é uma zona e que o trabalho de Paulo Sousa é o pior dos problemas.

“Antes do início da Libertadores confesso que tinha uma dúvida sobre o Flamengo, por estar mudando de treinador, um novo trabalho. Ainda permaneço com essa dúvida, principalmente porque o Flamengo é uma zona. Para ser bem sincero, o trabalho de campo do Paulo Sousa é o menor dos problemas no momento. Então o momento que o Flamengo está vivendo, essa zona acaba gerando dúvida de até onde o time pode chegar na Libertadores. O elenco é muito qualificado, mas não basta ser bom até porque o Flamengo é um dos melhores times do continente, tem que trabalhar bem, e o trabalho do futebol do Flamengo em 2022 é muito ruim. É claro que é possível se recuperar, e chegar longe dessa maneira menos harmoniosa é possível, mas tenho muitas dúvidas”.

Fonte: Diário do Fla