Início Notícias STJD arquiva processo de Peruano contra Renato Gaúcho sobre jogo entre Flamengo...

STJD arquiva processo de Peruano contra Renato Gaúcho sobre jogo entre Flamengo e Grêmio

(Foto: Reprodução/Alexandre Vidal/Flamengo)

O Supremo Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD) arquivou o processo de inquérito feito pelo conselheiro do Flamengo, José Carlos Isidoro Pereira, conhecido como Peruano, contra Renato Gaúcho. A ação era decorrente da partida entre o Mais Querido e o Grêmio, pela partida atrasada da 2ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2021.

Peruano alegava que o técnico “estaria atuando contra a própria equipe que defendia”. Na ocasião, o treinador foi muito criticado por não ter celebrado os gols do Flamengo, que abriu 2 a 0. Além disso, as substituições foram muito criticadas. Mesmo com o rubro-negro tendo um jogador a mais, Renato Gaúcho tirou Vitinho, autor dos gols, para colocar o volante Piris da Motta.

Na época, inclusive, circulou um vídeo em que o treinador supostamente teria ficado chateado com os gols de Vitinho e, então, optou por tirá-lo – o que em nenhum momento foi de fato comprovado. Vale destacar que o jogo foi realizado no dia 23 de novembro e o Grêmio, clube no qual Renato Gaúcho fez história e é ídolo, ainda lutava para não cair.

Por esses motivos, Peruano entrou com o inquérito contra o técnico. A ação, entretanto, não deu em nada e, agora, foi arquivada pela STJD. A informação foi divulgada inicialmente pelo repórter Renan Moura, da Rádio Globo.

Fonte: Diário do Fla