Início Notícias Flamengo chega a dezessete jogadores diferentes com algum problema físico na temporada

Flamengo chega a dezessete jogadores diferentes com algum problema físico na temporada

(Foto: Reprodução/Gilvan de Souza/Flamengo)

O Flamengo mudou de comissão técnica do ano passado para o atual, mas uma coisa continua: os problemas físicos. Se em 2021 o alto número de lesões chamava atenção, 2022 não deixa a desejar. Pelo contrário. Com apenas 3 meses de futebol até aqui, o Mais Querido já tem dezessete jogadores com algum problema físico na temporada.

Os mais recentes foram Marinho e Léo Pereira. Ao anunciar a lista de relacionados para o confronto contra o Talleres, o Flamengo publicou que o atacante fraturou a costela contra o Altos e o zagueiro sentiu dores na região posterior da coxa esquerda. Além deles, Rodrigo Caio, Fabrício Bruno, Gustavo Henrique, Matheuzinho, Matheus França e Vitinho não estão disponíveis.

Rodrigo Caio não atua desde dezembro do ano passado, quando realizou uma cirurgia no joelho. Fabrício Bruno, que começou muito bem a temporada, sofreu uma lesão no ligamento do pé esquerdo no jogo de ida da final do Carioca contra o Fluminense e não atua desde então. Na mesma partida, Vitinho entrou em campo pela última vez, quando sofreu lesão na coxa.

Gustavo Henrique sofreu uma lesão muscular no quadríceps na estreia do Campeonato Brasileiro, contra o Atlético-GO. Matheuzinho, por sua vez, sofreu uma  lesão na região anterior da coxa direita contra o Talleres e é quem está mais próximo de retornar. O caso mais grave é do jovem Matheus França, que sofreu uma fratura na fíbula contra o São Paulo e precisou fazer cirurgia. O prazo de retorno é de 3 a 4 meses.

Outros casos

Além desses oito jogadores que não estão disponíveis contra o Talleres, mais nove atletas já desfalcaram o Flamengo ao longo da temporada por algum problema físico. Eles são: Diego Alves, Isla, Rodinei, Pablo, Filipe Luís, Ayrton Lucas, Thiago Maia, Arrascaeta e Bruno Henrique.

O goleiro sentiu dores no joelho direito logo no começo da temporada, perdendo chance de entrar em campo no Estadual. Isla, por sua vez, teve uma lesão constatada pós-convocação pelo Chile, que o fez perder a estreia da Libertadores contra o Sporting Cristal. Quem também não atuou no confronto foi Arrascaeta, que retornou da Seleção Uruguaia com dores.

Rodinei começou bem a temporada, mas perdeu primeiro jogo da final do Carioca por desconforto muscular. Já Filipe Luís, com dores, ficou fora da estreia do Campeonato Brasileiro. Thiago Maia foi uma infelicidade em treino, na qual sofreu um corte na perna e ficou 15 dias fora, durante o Estadual.

Ayrton Lucas, por sua vez, já chegou no Flamengo lesionado, enquanto Pablo teve uma lesão no ligamento no primeiro treino pelo clube, que o tirou de combate por mais de um mês – apesar de ter voltado antes do previsto.

 

Fonte: Diário do Fla