Início Notícias ‘Vi meu filho caído no chão, com sangue e olho fechado’, diz...

‘Vi meu filho caído no chão, com sangue e olho fechado’, diz mãe do menino atingido por um sinalizador

Foto: Reprodução

A Copa Libertadores mais uma vez foi cenário para cenas lamentáveis na arquibancada. Dessa vez, um jovem torcedor do Flamengo, Thiago Sepúlveda, de apenas 10 anos, foi atingido por um sinalizador na partida contra a Universidad Católica. O menino estava acompanhado da mãe no meio da Nação Rubro-Negra e foi alvejado pela torcida mandante.

A mãe do garoto falou sobre o ocorrido em entrevista ao jornal “O Globo” e afirmou que o filho, que estava assistindo o Flamengo pela segunda vez na vida, não pretende retornar a um estádio de futebol. A estreia de Thiago Sepúlveda em um estádio ocorreu em 2017, quando os dois clubes se enfrentaram no mesmo San Carlos de Apoquindo.

“Começaram a lançar coisas pro meu lado. Então, deixei de ver a partida para ver o povo jogando. Eu fiquei como um escudo. Demorei um minuto para dar conta de que meu filho tinha sido atingido. Não vi nada vindo na minha direção. Até que olho para trás e vejo meu filho caído no chão, com sangue e o olho fechado”, contou a mãe da criança.

 

“Estava tão orgulhosa de ver meu filho feliz, cantando. De poder compartilhar essa paixão com ele. Não consigo entender como chegou ao rosto do Thiago. Não sei se deu a volta, o que aconteceu. Era para ser uma noite feliz, mas terminou com meu filho aos prantos e ferido”, concluiu.

Por fim, a cena foi flagrada por torcedores rubro-negros que estavam no estádio e divulgadas primeiramente pela jornalista Isabelle Costa. Logo após ficar ciente do ocorrido, o Rubro-Negro repostou os vídeos nas redes sociais e condenou o ato do torcedor chileno. Além disso, o Mais Querido cobrou um posicionamento da Conmebol sobre o assunto: “Medidas severas precisam ser tomadas”.

 

Fonte: Diário do Fla