“Vai ter que falar de mim de novo”; Gabigol responde cutucada de veterano com dois gols e manda recado

Gabigol foi peça-chave para o Flamengo cravar a vitória diante do Universidad Católica, no Chile, na última quinta-feira (28). O camisa 9 da Gávea balançou as redes em duas oportunidades, em duelo que terminou em 3 a 2.

Entretanto, a partida também foi marcada pelo fato de Gabigol se aproximar de um feito notável no futebol brasileiro: conquistar a ponta na lista dos maiores artilheiros do Brasil na Libertadores. São 26 gols no total, sendo que 25 com a camisa Rubro-Negra: nove em 2019 -ano em que fez os gols do título da segunda Libertadores rubro-negra, contra o River – e outros 16 em vermelho e preto (dois em 2020, 11 em 2021 e mais três na atual edição). Em 2018, ele fez um pelo Santos. As informações são do Globoesporte.com.



Luizão, é quem ocupa o posto, com 29 gols. O experiente centroavante, que já vestiu po Manto do Mengão, além dos rivais Vasco e Botafogo, provocou Gabigol em recente entrevista: “O Gabigol é um grande jogador, mas eu sou melhor do que ele. É só ver os números, o que eu ganhei, é jogar com 22 pontos na cara, jogar com infiltração na sola do pé. Eu o acho um grande jogador, poderia ser muito melhor. Se ele for menos marrento, ser mais tranquilo e se dedicar. Eu não sou contra, ele tem que fazer mais e vai me passar como o jogador com mais gols na Libertadores. Alguém vai passar, é um grande jogador, agora quero ver fazer 15 numa Libertadores.”



Entretanto, a resposta do atual camisa 9 do Mais Querido veio direto o Chile, com os dois marcados sobre o Universidad Católica. O goleador Rubro-Negro foi direto ao ponto, e no sarcasmo que marca suas declarações, mandou o recado: “Feliz por quebrar mais um recorde, espero passar o Luizão. Vai ter que falar de mim de novo (risos). Espero que a gente continue assim, fazendo gols e com a vitória”.



Fonte: Bolavip