Marcos Braz comenta suposto racha no elenco: ‘A gente não tinha e não tem entendimento de uma ruptura’

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Paulo Sousa chegou ao Flamengo e de cara promoveu muitas mudanças no Flamengo. O treinador mexeu bastante com a rotina interna dos atletas no Ninho do Urubu, pediu a instalação de um telão no campo de treinamento, mexeu na equipe considerada titular e na forma de jogar. Todas essas coisas acabaram mexendo um pouco com o ambiente no clube. Recentemente, foi noticiado que alguns jogadores estavam satisfeitos em ficarem no banco de reservas. ‘Paulo Sousa tem total apoio da diretoria’, declara Marcos Braz.

O elenco e o treinador não estavam falando a mesma língua e alguns atletas foram mudados de posição e tiveram muita dificuldade de se adaptar em uma nova função. Os resultados em campo também não estavam acontecendo, a equipe já soma dois vice-campeonatos na temporada e a crise se instalou no Ninho do Urubu. Nesta terça-feira, Marcos Braz participou do programa “Redação SporTV” e falou sobre a tal ruptura no elenco. Isla recomeça no Flamengo com ajuda de Arrascaeta e gol contra o São Paulo.

“Com todo respeito a todos que cobrem aqui, todo mundo que acompanha o Flamengo, a gente não tinha e não tem o mesmo entendimento de uma ruptura, uma divisão no qual era noticiado. Essa questão de questionamento, no dia a dia de treinamento, dentro de um tom correto, de maneira educada, eu não vejo problema nenhum em relação a esses questionamentos. Quando jogadores supercampões aqui perdem um pouco de espaço, causa um desconforto, um desconforto até bom. Paulo não tem 11 titulares, ele tem 30 e deixa isso claro. Um bom exemplo é o Isla, não teve muita chance com o Paulo, entrou, foi importantíssimo,” declarou o dirigente rubro-negro.

Fonte: Diário do Fla