‘Flamengo encontrou um caminho, vamos ver o que Paulo Sousa pensa disso’, diz Paulo Calçade

(Foto: Marcelo Cortes)

No último domingo, o Flamengo bateu o São Paulo, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Com uma grande atuação coletiva, o Mais Querido se impôs durante os 90 minutos da partida e não deixou o São Paulo respirar no duelo.

Paulo Sousa que era muito criticado, conseguiu nos dois últimos jogos que os atletas conseguissem render mais do que vinham fazendo durante a temporada. Imprensa e torcedores elogiaram muito a postura do Mais Querido nos últimos jogos.

Durante o programa ‘Linha de Passe’, os comentaristas fizeram projeções para o duelo da próxima quarta-feira (20) entre Flamengo e Palmeiras, no Maracanã.

“Os jogadores do Flamengo sabem como enfrentar o Palmeiras, naturalmente um jogo como esse mobiliza os atletas. A equipe do Palmeiras é muito mais afinada com o seu treinador, do que o Flamengo com o Paulo Sousa neste momento. Mas em menos de uma semana, o Paulo Sousa conseguiu encontrar uma escalação, repetir, só não jogaram os que não tinham condições. Manteve a estrutura do time e entendeu que pode permitir que os jogadores atuem dentro de um esquema que já funcionou, mas com uma pequena diferença de posicionamentos que existem. O Flamengo encontrou um caminho, vamos ver o que pensa o Paulo Sousa”, disse Paulo Calçade.

Léo Bertozzi afirmou que o início de temporada serviu como um preparatório para Paulo Sousa, o comentarista garantiu que o treinador rubro-negro está encontrando algumas soluções e o modelo de jogo do Flamengo está cada vez mais claro.

“Quem analisou o começo do ano com alguma racionalidade entendeu que para o Flamengo foi uma grande pré-temporada, um preparatório e uma oportunidade de conhecimento do Paulo Sousa do elenco, do futebol brasileiro, da rotina de treinos. E aprendizados significa às vezes bater cabeça, dar com a cara na parede, precisar ver acontecer para entender o que funciona e o que não funciona. Então acho que agora ele está encontrando algumas soluções, dois jogos são um retrato ainda muito pequeno, mas o modelo que o Flamengo vais e portar começa a ficar mais claro”.

 

Fonte: Diário do Fla