Salgado faz pedido 'inusitado' ao Flamengo e revela planos do Vasco para contratações: "Na janela seguinte"

O Vasco volta aos gramados no próximo sábado (16), para enfrentar o CRB pela segunda partida da Série B do Brasileirão. O torcedor segue com esperanças de sair com a primeira vitória na competição e tirar essa ‘pressão’ de vencer do caminho. Nesta quarta-feira (13), após a cerimônia de entrega do título de Benemérito a Roberto Dinamite, o presidente do Clube, Jorge Salgado, falou sobre a situação.



O empate foi um resultado doído, infelizmente quando se entra em campo acontecem muitas coisas que estão fora do controle do treinador. Vai para a conta do treinador sem motivos, ele está sofrendo. Estive lá esta semana, o astral está recuperado, tudo contornado. Agora é esperar a bola entrar“, afirmou, esperançoso, o dirigente.

Em outra parte de sua entrevista, o mandatário revelou um desejo, que está em processo, que chamou muito a atenção dos torcedores vascaínos e rivais. Salgado expôs seu desejo de ‘dividir’ o mando do Maracanã com o Flamengo e o Fluminense, mas afirmou ter encontrado dificuldade no processo.



Estive com o governador do Rio Claudio Castro falando mais uma vez sobre nosso interesse em participar da licitação e voltar ao Maracanã. Conversei com o Rodolfo Landim (presidente do Flamengo) e com o Mario Bittencourt (presidente do Fluminense) algumas vezes sobre isso, eles criam uma certa resistência devido ao número de jogos. Analisando a situação do Vasco, a gente acha que precisa jogar de 10 a 15 jogos no Maracanã“, comentou o presidente.

Mais adiante, Jorge ainda teve tempo de dar uma ‘palinha’ sobre as movimentações do Vasco no mercado da bola e revelou: “Continuamos monitorando mesmo com o fechamento da janela. Se aparecer alguma oportunidade, vai para a outra janela, mas já com a negociação definida. Ele (o jogador) fica eventualmente onde está, mas definimos a contratação e ele se apresenta na janela seguinte“, concluiu.

Fonte: Bolavip