Eleito ‘homem do jogo’, Everton Ribeiro se declara ao Flamengo: ‘Visto essa camisa com orgulho e sempre darei meu sangue por ela’

Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

Everton Ribeiro vinha sendo um dos mais criticados do elenco e chegou a ser vaiado no Maracanã quando foi anunciado entre os titulares, contra o Talleres. É inegável que o camisa 7 não estava entregando o que se espera de um jogador desse nível, mas é preciso admitir que atuou por diversas vezes em uma posição que não estava acostumado e demonstrou muita dificuldade de se adaptar.

Cobra-se dos atletas muito empenho e raça, o que não faltou no duelo contra os argentinos. Ribeiro estava atuando na posição de origem e mostrou diante de 42 mil pessoas no Maracanã o porquê foi convocado com frequência por Tite. O capitão rubro-negro sobrou em campo. Foi o cérebro do meio de campo e balançou as redes duas vezes. Ao final do jogo, foi eleito o “homem do jogo”.

Na zona mista, capitão falou sobre a última semana turbulenta que o elenco viveu, destacou a união do grupo e elogiou Paulo Sousa.

“A única resposta que podemos dar é em campo, conversamos muito sobre isso. Nunca teve panela. Foi muito falado nesse momento complicado. Se fala muitas inverdades, mas temos a plena consciência de que só cada vez mais juntos vamos sair. O Mister nos mostrou o caminho, realizamos ele bem, conseguimos impor nosso ritmo.”

“Depois do 2 a 0, baixamos a nossa intensidade. Fomos cobrados no intervalo e no segundo tempo recuperamos o nosso melhor. Foi uma grande partida de todos, uma grande festa no Maracanã, torcida apoiando. Faz a diferença quando a nação está cantando, festejando e nos ajudando em campo. Esperamos que estejamos juntos,” completou.

 

 

Fonte: Diário do Fla