“Todo mundo sabe que ele é um jogador com compromisso profissional alto”; Luís Roberto detona decisão de P. Sousa e não se cala sobre o português

Não é segredo para ninguém que o Flamengo passa por uma reformulação. Nesta segunda-feira (11), o Rubro-Negro anunciou oficialmente a saída de Renê, que jogará no Internacional, de Porto Alegre. O defensor não estava sendo aproveitado pelo Paulo Sousa, que liberou — de forma imediata — sua saída. Assim, o Mengão liberou de graça para o Colorado.



O apresentador Luís Roberto, da Globosat, não tem gostado da movimentação flamenguista nesse sentido e disse ser um desperdício liberar um atleta de alto nível como Everton Ribeiro, convocado recentemente por Tite e que tem chances de ir para a Copa do Mundo em novembro.

O problema do Flamengo é que a ruptura está sendo feita com jogadores que renderam muito em um passado recente, também. É preciso lembrar que o Flamengo foi vice-campeão brasileiro e chegou na final da Libertadores no ano passado. É um desperdício abrir mão de um jogador como Everton Ribeiro, por exemplo”, disse durante o programa “Redação SporTV”.

Antes, Luís Roberto também tinha reprovado a barração do Miteiro: “No Flamengo está claro que o conceito o treinador está valendo mais que qualquer coisa. Quando se priva um jogador do nível do Everton Ribeiro: ‘Ou você vai jogar de ala ou não vai jogar’. A faça mil favor, nenhum time do Brasil em sã consciência barraria o Everton Ribeiro. Todo mundo sabe que ele é um jogador com compromisso profissional alto, próximo de cem, está na primeira prateleira”, completou.

Paulo Sousa chegou com a missão que era para ser da diretoria, para rejuvenescer o elenco. Até por isso, Diego Ribas e Diego Alves estão fora dos planos, além do lateral-direito Mauricio Isla. Caso apareça propostas por esses jogadores, eles serão imediatamente liberados.

Fonte: Bolavip