Mauro Cezar ‘sai da casinha’ e cobra torcida do Flamengo: “Não pode ficar pensando em Jorge Jesus"

Em meio à crise interna do Flamengo, agravada depois da derrota para o Fluminense na final do Campeonato Carioca, parte da torcida do rubro-negro fala sobre uma reformulação no clube, passando tanto por jogadores quanto pela diretoria, com Marcos Braz sendo um dos alvos de mudança. As cobranças pelo desempenho em campo e as críticas a Paulo Sousa, entretanto, dividem opiniões.

Por um lado, há torcedores que prefeririam a saída do português do comando rubro-negro. Um dos clamores envolve a volta de outro lusitano, Jorge Jesus, que fez grande sucesso na Gávea entre 2019 e o início de 2020. Entretanto, o jornalista Mauro Cezar Pereira discorda desta visão. Para ele, o Flamengo deveria “olhar para frente” e esquecer o que viveu com Jesus, mesmo que haja saudade.

Durante a “Live do Mauro Cezar” desta quinta-feira (7), transmitida pelo Canal do UOL Esporte, o jornalista comenta a experiência de Paulo Sousa, incluindo seu tempo à frente da seleção polonesa, e o fato de ter comandado jogadores de grandes ligas europeias que gostavam do treinador. “O Lewandowski era treinado por ele e reclamou quando ele saiu, ou seja, gostava do trabalho do técnico”, comentou.

“O Flamengo precisa virar a página, precisa seguir em frente. Eu acho até que o Jorge Jesus poderia eventualmente voltar se circunstâncias favorecessem o retorno, ele estar desempregado, o Flamengo sem técnico e está tudo bem, se reencontram e ‘ok’, mas o Flamengo não pode ficar pensando em Jorge Jesus e reviver 2019, o Flamengo tem que olhar para o futuro”, completou o jornalista.





Fonte: Bolavip