Análise Tática Sporting Cristal x Flamengo: É preciso união

(Foto: Reprodução/Gilvan de Souza/Flamengo)

O Flamengo estreia na Libertadores nesta terça-feira (05/04), às 21h30, contra o Sporting Cristal, no Estádio Nacional do Peru. O Mais Querido está longe de viver um bom momento. Pelo contrário. A equipe passa por uma crise técnica e tática, na qual jogadores e comissão parecem distantes. Então, neste momento, mais do que nunca, é preciso união, dentro e fora de campo.

A tendência é que o time atue novamente em um 3-4-2-1. Hugo Souza começa no gol, com Fabrício Bruno ou Gustavo Henrique como zagueiro pela direita, David Luiz central e Filipe Luís pela esquerda. Na ala-direita, Rodinei e Matheuzinho disputam a vaga, enquanto Andreas Pereira, Thiago Maia e Arão estão na briga para a posição de volante, ao lado de João Gomes.

Na ala-esquerda, Lázaro é quem vem tendo melhor desempenho e tende a permanecer na posição, com Bruno Henrique, Arrascaeta e Gabigol de trio ofensivo. O treinador pode optar também por botar Pedro ou Marinho nesse setor mais avançado, colocando, assim, BH na ala-esquerda. Caso opte pelo centroavante, Gabigol teria que recuar um pouco, para ficar atrás de Pedro, pela direita, com Arrasca na esquerda.

Entretanto, mais importante do que o esquema tático e as escolhas dos jogadores, é a postura do time em campo. É fundamental que quem for escolhido atue com vontade, intensidade e cumpra o que for pedido pelo técnico. Seria importante que Paulo Sousa colocasse – e aos atletas cumprissem – a equipe com a linha alta, para marcar pressão o adversário, já no campo de ataque e os volantes precisam ser ativos, para explorar os buracos no meio. Caso isso aconteça, o Mais Querido tem tudo para fazer um grande jogo.

Fonte: Diário do Fla