“Quebrou o acordo”; Spindel protagoniza cena constrangedora em jantar com P. Sousa e elenco do Flamengo

O vice do Flamengo frente ao Fluminense no Campeonato Carioca ficou amargo para o novo ciclo que o Clube da Gávea tenta consolidar. A sensação está longe de ser de ‘terra arrasada’, mas os questionamentos começaram a vir à tona, sendo intensificados com o que foi noticiado na madrugada desta segunda-feira (4) pelo globoesporte.com. A informação já repercute em portais especializados em notícias rubro-negras, como a Coluna do Fla.

“Bruno Spindel protagonizou recentemente um dos momentos mais contraditórios – e constrangedores. No início do ano, o diretor executivo de futebol do Flamengo ordenou aos funcionários do clube que não mantivessem proximidade com integrantes da comissão de Jorge Jesus, como uma tentativa de deixar o passado em seu devido lugar. O próprio dirigente, no entanto, quebrou o acordo”, publicou a Coluna do Fla.



A cena em que o diretor de futebol do Rubro-Negro foi protagonista pegou mal, tanto para a a atual comissão técnica, esta comandada por Paulo Sousa, quando para o elenco. Após Spindel ordenar que funcionários do Fla não mantivessem contatos com integrantes da comissão de Jorge Jesus, numa tentativa de afastar o passado, ele mesmo não seguiu a regra.

Foto: Flickr Oficial CR Flamengo/Gilvan de Souza

Encontro protagonizado por Spindel pegou mal na Gávea

Implementado por P. Sousa, o tradicional jantar depois dos jogos que acontecem no Maracanã esteve longe de ser o comum, no dia 12 de março. Aquela noite ficou marcada pela goleada por 6 a 0 para cima do Bangu, mas também por um dos momentos mais “contraditórios – e constrangedores” do Mais Querido em 2022.



Preparador físico e um dos nomes que o elenco mais gosta, Mário Monteiro foi o convidado de Bruno Spindel para juntar-se ao grupo no mês passado. A publicação do portal especializado em notícias do Flamengo dá conta de que “a cena foi constrangedora para todos os lados”. Teve quem não entendeu o ocorrido.

Fonte: Bolavip