Início Notícias ‘Pedro deveria ter uma conversa franca com o Fla para saber se...

‘Pedro deveria ter uma conversa franca com o Fla para saber se existe um real interesse em utilizá-lo’, opina jornalista

Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

O interesse do Palmeiras no Pedro é antigo. A diretoria do time paulista apresentou uma proposta ao Flamengo de R$110 milhões mais dois jogadores para poder contratar o atacante. Rodolfo Landim tratou do assunto diretamente com Leila Pereira e deixou claro que não tem a menor intenção de negociar o atleta, uma saída só aconteceria em caso de uma oferta irrecusável, o que não é o caso.

Esse assunto tem sido bastante debatido nos programas esportivos. Diversos comentaristas se mostraram bastante “preocupados com o rumo que a carreira do atacante tem tomado”. Para eles, é um desperdício um atleta do porte de Pedro ser reserva. Além disso, dizem que o jogador pode estar perdendo uma grande chance de disputar uma Copa do Mundo. Durante o “Redação SporTV”, o jornalista Marco Luca Valentim declarou que o camisa 21 deveria ter uma conversa franca com a diretoria rubro-negra para saber se existe um real interesse em utilizá-lo durante a temporada.

“Acredito que para o Palmeiras estar insistindo tanto no Pedro, alguma informação deve ter. Essas coisas circulam, ainda mais com WhatsApp. O cara deve estar insatisfeito, eles devem estar sabendo de alguma coisa que a grande massa ainda não sabe para continuar insistindo. Se o Pedro tivesse muito bem, tivesse voando, não teria tantas expectativas.”

“Também tem a questão do Pedro que não é um objeto, uma coisa estática que pega e leva para qualquer lugar. O Pedro é um grande profissional e nunca se meteu nessas questões, tanto de Olimpíada, quando envolvia o nome dele em outras negociações, nunca se meteu e sempre foi muito exemplar quanto a isso. Se eu fosse o Pedro, teria uma conversa franca com a diretoria do Flamengo do tipo: “fiquei fora da Olimpíada, possivelmente não estarei na Copa do Mundo, estou aqui fazendo meu melhor, quando entro correspondo. Tem o real interesse em me utilizar bem aqui?”. Acho que essa é uma conversa válida e leal.”

Fonte: Diário do Fla