Início Notícias Após recusar R$110 milhões, Landim faz contraproposta bombástica para vender Pedro ao...

Após recusar R$110 milhões, Landim faz contraproposta bombástica para vender Pedro ao Palmeiras

O Flamengo tem dois grandes atacantes em seu elenco: Gabigol e Pedro. Porém, pelo fato de Paulo Souza não escalar muito o camisa 21, a presidente Leila Pereira tem o sonho de tirar o atleta do Mengão para levar ao Palmeiras. Se em fevereiro a mandataria do time paulista entrou em contato com os agentes, agora, a dirigente mandou uma proposta de R$ 110 milhões de reais. A oferta mexeu com a alta cúpula Rubro-Negra, mas Rodolfo Landim optou por não vender o centroavante.

De acordo com o jornalista Venê Casagrande, Rodolfo Landim procurou Leila Pereira e afirmou que não iria liberar o atacante nesse momento, a não ser que o Verdão estivesse disposto a pagar a multa rescisória do camisa 21: “Leila, não vamos negociar o Pedro. Esquece. A não ser que vocês paguem o valor da multa.”, teria dito Landim a mandataria palmeirense.



Porém, na noite desta terça-feira (8) tudo mudou. Isso porque Rodolfo Landim desistiu da ideia da multa rescisória e fez uma contraposta para a diretoria palmeirense. O mandatário do Mengão avisou Leila Pereira que faz negócio, mas quer R$ 138 milhões de reais, mais Patrick de Paula e Gabriel Menino em definitivo. A informação é da equipe de reportagem do Uol Esporte.

Landim definiu o valor para vender Pedro ao Palmeiras. Foto: Thiago Ribeiro/ AGIF

Ainda de acordo com a reportagem, nos bastidores Leila Pereira admite que ainda não jogou a toalha na tentativa de contratar Pedro, mas, diante do atual cenário e das altas cifras envolvidas, um acordo entre os dois clubes já é visto muito improvável. E se depender de Landim, não será fácil tirar o camisa 21 da Gávea, embora não venha atuando entre os titulares, é considerado um profissional importante ao elenco, além de estar entre os 11 titulares quando Gabigol está com a seleção Brasileira.



Comprado da Fiorentina pelos cariocas na reta final de 2020 por 14 milhões de euros (cerca de R$ 87 milhões, na cotação da época), Pedro tem uma multa rescisória de 100 milhões de euros (R$ 551 milhões). O camisa 21 na época firmou um contrato até 2025 com o Mais Querido.

Fonte: Bolavip