Início Notícias ‘Os números mostram um Flamengo com mais dificuldade para criar’, analisa jornalista

‘Os números mostram um Flamengo com mais dificuldade para criar’, analisa jornalista

Foto: Marcelo Cortes/CRF

No último domingo, o Flamengo enfrentou dificuldade em furar o bloqueio montado pelo Vasco. Apesar da má atuação, o Rubro-Negro contou com a genialidade de Arrascaeta para vencer o duelo por 2 a 1. Após a partida, o jornalista Fred Huber, do ‘GE’, analisou o jogo e avaliou que o Mengão tem sofrido na criação das jogadas.

”O Flamengo até começou bem a partida, com uma pressão na saída de bola do Vasco que deu resultado e fez o time controlar as ações sem ser ameaçado. Aos dez minutos, Filipe Luís abriu o placar de cabeça após cruzamento de Arão. No terço final do primeiro tempo, o Vasco já começou a sair mais para o ataque e equilibrou um pouco a partida. No início da segunda etapa, aos cinco minutos, Andreas Pereira, pela perda da bola, e David Luiz, pela falta de combate, vacilaram no gol do Vasco”, analisou, antes de emendar:

”Com o jogo novamente em igualdade no placar, o Paulo Sousa e o Flamengo tentaram muito, mas sem efetividade e criatividade para superar o bloqueio vascaíno. O técnico tentou Vitinho, Pedro, Marinho… Encheu o time de atacantes, mas foi a qualidade de Arrascaeta, que já atuava recuado, quase como um volante, que resolveu em chute preciso de fora da área. Os números mostram um Flamengo com mais dificuldade para criar. O time igualou a pior marca de finalizações com Paulo Sousa até agora: 12, mesmo número conseguido nas partidas contra Fluminense e Nova Iguaçu. Apenas três destes 12 chutes foram na direção do gol”, finalizou.

Agora, o Mais Querido terá mais uma semana cheia de trabalhos, uma vez que só volta a campo no próximo sábado, contra o Bangu.

Fonte: Diário do Fla