Início Notícias “A ordem é clara”; Landim age nos bastidores do Flamengo e manda...

“A ordem é clara”; Landim age nos bastidores do Flamengo e manda recado sobre contratação em definitivo

A ação do Banco Central examina irregularidades em negociações feitas pelo Flamengo no período entre os anos de 1993 e 1998, utilizando moeda estrangeira. A mais impactante delas envolve a venda de Sávio ao Real Madrid, em 1997, na gestão presidida por Kléber Leite. Na ocasião, as cifras do negócio giraram na casa dos US$ 20 milhões de dólares e teve o ex-meia Zé Roberto sendo envolvido nos trâmites.

O Bacen aponta como irregular o fato de Zé ter sido incluído como parte das tratativas, haja vista a compensação de US$ 8 milhões de dólares dos US$ 19,4 milhões declarados na época.

Com o processo de volta aos holofotes, e tendo os valores corrigidos, o Fla pode ser penhorado em R$ 127 milhões, mas tenta reduzir o montante para R$ 10,6 milhões. A ESPN mostrou que, por enquanto, a equipe da Gávea está vencendo por 1 a 0, apesar de ainda faltarem quatro votos para a conclusão do imbróglio.



Desta forma, o presidente Rodolfo Landim agiu nos bastidores do CT Ninho do Urubu, no intuito de frear altos investimentos em contratações definitivas, pelo menos neste momento. Em outra matéria da ESPN, é destacado que “a ordem é clara” no Mais Querido: qualquer investimento que envolva altas cifras está suspenso.

Foto: Jorge Rodrigues/AGIF | Fla pode voltar atrás em compra de Andreas Pereira

Assim, em baixa com a torcida, o volante Andreas Pereira volta a ver em seu futuro uma incógnita. Além dos 10 milhões de euros (R$ 57 milhões na cotação atual) que podem ser envolvidos na compra do camisa 18, o volante não é visto como unanimidade. Na parte técnica, há aprovação, principalmente pelo potencial de revenda. Por outro lado, dois fatores pesam: 1) pressão da torcida; e 2) ala que não vê o montante acordado com o Manchester United tão acessível.

Enquanto há essa indefinição no ar, a ânsia é se o Flamengo irá cumprir a palavra ou a negociação vai melar. Anteriormente, a compra de Andrinho esteve com muito mais força pelos acessos do Ninho. Agora, o atleta de 26 anos precisa recuperar o bom futebol e cativar a torcida, que voltou a vaiar A. Pereire no triunfo de 2 a 1 diante do arquirrival Vasco da Gama.

Fonte: Bolavip