Início Notícias ‘Tenho minhas dúvidas sobre o goleiro Santos’, diz Mauro Cezar

‘Tenho minhas dúvidas sobre o goleiro Santos’, diz Mauro Cezar

(Foto: Reprodução)

Mesmo com o imbróglio do processo do Banco Central, a diretoria do Flamengo segue atenta ao mercado, analisando jogadores que se enquadrem no perfil solicitado por Paulo Sousa e dentro da realidade financeira do clube.

Com atuações abaixo de Hugo Souza e Diego Alves, a diretoria busca a contratação de um goleiro. O nome de Santos, ganhou forças no último mês e o Flamengo deve tentar a contratação do jogador, as partes precisam se acertar apenas no valor que será pago para tirar o atleta do Furacão.

Durante o programa ‘Bate Pronto’, da Jovem Pan. O jornalista Mauro Cezar falou sobre a situação envolvendo Flamengo e Athletico, na negociação para Santos ir para o rubro-negro carioca.

“Acredito que o Flamengo vá atrás do goleiro Santos, pelo o que eu sei é mediante a esse imbróglio com o Banco Central, a contratação do Andreas Pereira não vai acontecer agora, já que ele tem contrato até o meio do ano não é preciso efetuar a compra agora. Então o Flamengo pode muito bem chegar para os ingleses, informar esse problema de caixa e confirmar que vai efetuar a compra no meio do ano, o único risco seria se algum clube viesse e pagasse o United para levar o jogador, mas acho isso pouco provável”, disse Mauro Cezar.

O jornalista ainda falou que o Athletico pode acabar cedendo na questão de aceitar um pagamento parcelado, pelo valor que é pedido pelo jogador. Mas afirma que não sabe se Santos é o goleiro que todos estão esperando no Flamengo.

“O Athletico com certeza aceitaria um pagamento parcelado, e o valor é bem menor ao do Andreas Pereira. Por isso acho sim que o Flamengo vai atrás da contratação do Santos. Não sei se o Santos é esse goleiro, tenho muitas dúvidas quanto a isso. Acho que é um goleiro que já teve momentos melhores, inclusive acho que ele falha no primeiro gol do Palmeiras, era uma bola defensável na quarta-feira”.

Por fim, Mauro afirmou que um goleiro de Seleção Brasileira e que pode chegar com um status de solução para a posição, não pode falhar em um lance como o da final da Recopa. O jornalista ainda garantiu que se fosse dirigente, não faria a contratação.

“E um goleiro de seleção que chegue para resolver o problema de time grande, não pode tomar esse tipo de gol. Se for contratado pelo Flamengo e tomar um gol de falta assim, vai ser cornetado. Tecnicamente não sei se o Santos é o goleiro que você contrata, entrega a camisa e ele vai dar conta, tenho dúvidas. Se eu fosse o dirigente, eu não contrataria, pelo valor e idade”.

Fonte: Diário do Fla