Início Notícias "Pediu para a diretoria"; Paulo Sousa não 'engole' só Andreas e 4...

"Pediu para a diretoria"; Paulo Sousa não 'engole' só Andreas e 4 reforços são pedidos; Alan Patrick e Pablo estão no radar

Quando aceitou o trabalho no fim de dezembro, Paulo Sousa sabia que o Flamengo não é nada do que já comandou. O clube carioca possui a maior torcida do Brasil, quiçá do mundo, e seus “adeptos” estão na cobrança por títulos, já que 2021 foi bem aquém do esperado. Renato Gaúcho fracassou no Campeonato Brasileiro, na Copa do Brasil e, especialmente, na Libertadores em derrota na final para o Palmeiras.

Em um mês de trabalho, o português sentiu na pele a pressão da Nação. Na final da Supercopa do Brasil, derrota nos pênaltis para o Atlético-MG. No Campeonato Carioca, o time ainda não encanta e já perdeu um clássico para o Fluminense. Tudo isso coloca ainda mais responsabilidade no trabalho de Paulo Sousa.

Foto: Gabriel Machado/AGIF – Santos se aproximou do Flamengo após vice da Recopa Sul-Americana pelo Athletico-PR

Mas o técnico está em conversas diretas com Marcos Braz e Bruno Spindel a respeito de possíveis reforços ao elenco. Marinho chegou recentemente, mas até aqui não deslanchou a ponto de colocar risco nos titulares. Segundo o colega Vinicius Ribeiro, do portal ESPN.com.br, o treinador luso pediu:

– Permanência de Andreas Pereira;
– Goleiro;
– Zagueiro canhoto;
– Meio-campista moderno;
– Atacante de velocidade.

No caso do arqueiro, Santos, do Athletico-PR, é o favorito. João Paulo, do Santos, foi consultado, mas o Peixe só libera pela multa – 100 milhões de euros. No caso do atacante pelas beiradas, falou-se em Éverton Cebolinha, mas Benfica não facilitou nesta janela. David Neres, do Shakhtar Donetsk, está no radar pelo conflito no Leste Europeu.

No caso do armador, Alan Patrick, também do Shakhtar, foi consultado, confirmou seu empresário. Marlon Freitas, ex-Fluminense e também na Europa, está no radar para a defesa, assim como Pablo, ex-Corinthians e livre no mercado após rescisão com o Lokomotiv, de Moscou.



Mas o caso mais emblemático foi a compra de 75% dos direitos de Andreas Pereira junto ao Manchester United por cerca de R$ 64 milhões. O meia vacilou na final da Libertadores e até hoje não é unanimidade dentro e fora do Flamengo.

Fonte: Bolavip