Início Notícias Com Braz de “mãos atadas”, Flamengo esbarra em dívida de R$ 127...

Com Braz de “mãos atadas”, Flamengo esbarra em dívida de R$ 127 milhões e pode perder reforços

Por conta do conflito armado entre Ucrânia e Rússia, muitos jogadores deixaram o país invadido e voltaram ao Brasil. Os mais conhecidos, como aqueles do Shakhtar Donetsk, Dínamo de Kiev e Metalist, já têm, inclusive, seu futuro especulado em clubes nacionais. O Flamengo, por sua vez, também se mantém atento aos seus jogadores emprestados neste mercado, mas pode ter um problema à vista.

A diretoria rubro-negra ainda esbarra em uma ação do Banco Central para tentar avançar por algum reforço. Um julgamento iniciado no último dia 15 de fevereiro pode fazer com que o clube carioca seja multado em uma quantia de R$ 127 milhões e, consequentemente, ter seu orçamento para 2022 seriamente impactado. Enquanto não houver um fim para esta história, as negociações serão pausadas.

O julgamento, que analisa supostas irregularidades do clube na década de 1990, foi adiado e, no momento, ainda não tem uma data marcada. Ainda assim, mesmo que a situação com o Banco Central corra bem e seja resolvida rapidamente, entrar em negociação com os atletas do mercado russo e ucraniano ainda é algo complicado, por conta dos altos salários e contratos geralmente longos estabelecidos.

Este caso trava um possível avanço por Pablo, zagueiro do Lokomotiv, que é uma opção do clube carioca. Já foi comandado por Paulo Sousa no Bordeaux e a ideia agrada a direção, mas ainda há cautela. Além dele, a compra de Andreas Pereira, por quase R$ 60 milhões, também foi impactada, uma vez que ainda não foi oficializada. Negociações antigas, como Thiago Mendes e Santos, são outras a serem influenciadas.





Fonte: Bolavip