Início Notícias ‘Estou feliz com meu rendimento, mas ainda não estou satisfeito’, diz Lázaro

‘Estou feliz com meu rendimento, mas ainda não estou satisfeito’, diz Lázaro

Foto: Reprodução / FlaTV

Lázaro esteve perto de deixar o Flamengo, mas Paulo Sousa confiou no potencial do jovem e pediu a permanência dele na Gávea. A confiança passada do treinador para o jovem foi importantíssima para que o cria do Ninho desse a volta por cima. O jogador entrou muito bem na Supercopa, dando assistência para o Bruno e Henrique e, no clássico contra o Botafogo, deu passe para Gabigol marcar.

Nesta sexta-feira, Lázaro participou do programa “Resenha com craque”, da FlaTV. Durante a conversa, diversos assuntos foram abordados. O jovem disse estar feliz com o momento que está vivendo, mas ainda não está satisfeito.

“O lado esquerdo é onde me sinto mais tranquilo para jogar, na direita fico um pouco torto, mas se tiver que jogar por ali, estou aí. O importante é estar trabalhando e sempre que tiver oportunidade de jogar, estar me saindo bem e correspondendo.”

Empenho nos treinamentos

“O Mister e a comissão são muito experientes, nível Europa e em cada coisa que ele fala, cada trabalho que passa, sempre procuro aprender bem para pôr em prática no momento certo. Fico feliz com meu rendimento, mas não satisfeito porque sei que a temporada é longa e tenho que manter os pés no chão.”

Oportunidade para os garotos da base

“Fico feliz de ver o Matheuzinho, Gomes e Hugo Souza tendo oportunidade porque sabemos do nosso potencial e ao lado desses craques nós aprendemos muito. Cada jogo, cada minuto que temos em campo serve para pegarmos mais confiança.”

Objetivos para temporada

“É uma equipe muito experiente com jogadores que já atuaram na Europa e que foram campeões de quase tudo em 2019. Estamos bem focados, trabalhando firme, sabendo da importância e da pressão que é jogar no Flamengo. Aqui no Flamengo temos que estar acostumados com a pressão desde a base porque o Flamengo se alimenta de grandes títulos. Estamos focados para conquistar o Carioca.”

Parceira com Gabigol

“Ele está sempre me ajudando, sempre dando boas instruções. Na hora que dei o passe e ele veio engraxar a minha chuteira e um beijinho que espero que tenha abençoado para que eu possa fazer muitos gols.”

Publicado em Diariodofla.com.br