Início Notícias Veja lista dos atletas que custaram mais de R$30 milhões aos cofres...

Veja lista dos atletas que custaram mais de R$30 milhões aos cofres rubro-negros desde 2018

Andreas Pereira se prepara para cobrança de escanteio.
Foto: Alexandre Vidal/Flamengo.

O martelo foi batido e o Flamengo pagará vai pagar 10,5 milhões de euros, ou 63 milhões de reais, por 75% dos direitos econômicos de Andreas Pereira, parcelado em três anos. O belga/brasileiro vai assinar com o Mais Querido até dezembro de 2026. Com esse valor pago, o camisa 18 será o oitavo atleta a ser comprado por mais de R$ 30 milhões pelo clube. Saiba a motivação da CBF pela escolha da Arena Pantanal para a Supercopa.

Jogadores que custaram mais de R$ 30 mil aos cofres rubro-negros desde 2018:
Dados retirados do “GE”

Arrascaeta – R$80,3 milhões: A compra do uruguaio foi em janeiro de 2019, na época, era cerca de 19 milhões  de euros.

Gabigol – R$ 97 milhões: Depois do período de empréstimo, o Mengão pagou 16,5 milhões de euros para a Inter de Milão em 2020 (cerca de R$ 97 milhões, incluindo comissões) para ficar com o artilheiro de forma definitiva.

Gerson – R$ 59 milhões: Foi comprado da Roma por 11, 8 milhões de euros. O Mengão vendeu o atleta Olympique de Marselha por cerca de 25 milhões de euros (cerca de R$ 160 milhões), podendo chegar a 30 milhões de euros em caso de metas atingidas.

Léo Pereira – R$34,2 milhões: O Mengão pagou por 7 milhões de euros (na época quase R$ 34,2 milhões, incluindo comissões) ao Athletico-PR pelo zagueiro.

Michael – R$ 38,4 milhões: Em 2020, o Flamengo pagou pagou 7,5 milhões de euros (cerca de R$ 38,4 milhões na cotação da época, incluindo comissões) ao Goiás por 80% dos direitos econômicos do robozinho. Recentemente, vendeu o jogador para o Al Hilal por US$ 8,45 milhões (R$ 45,5 milhões)

Pedro – R$88,2 milhões: Após o fim do empréstimo, o rubro-negro pagou 14 milhões de euros para contratar em definitivo o jogador que pertencia a Fiorentina, em dezembro de 2020. Ainda existem parcelas a serem pagas.

Vitinho – R$53,9 milhões: Em julho de 2018, o Flamengo pagou cerca de 10 milhões de euros, como o euro estava R$4,40, daria R$ 44 milhões. Porém, no balanço do clube, foi lançado o valor de R$ 53,9 milhões, que corresponde a 12,25 milhões de euros. O Mais Querido explicou que a diferença de quase R$10 milhões se deu por conta do acréscimo de 18% de imposto recolhido à Receita Federal do Brasil por transação comercial em compra de direitos econômicos de jogador de futebol vindo do exterior.

 

Publicado em DiariodoFla.com.br