Início Notícias Arão supera desconfianças e pode ser pentacampeão do Carioca

Arão supera desconfianças e pode ser pentacampeão do Carioca

Fotos: Gilvan de Souza/Flamengo

Arão chegou ao Flamengo em 2015 e viveu momentos de dificuldades. O volante ainda pegou um período das vagas magras na Gávea e só foi levantar o primeiro caneco dois após a sua chegada. Nesta temporada, o camisa 5 pode ser pentacampeão Carioca pelo Mais Querido. Time ideal? Veja a provável escalação do Flamengo para o clássico.

O jogador nunca foi unanimidade entre os torcedores, mas já viveu muitos momentos de glórias. Na competição, Arão já vestiu o Manto Sagrado 65 vezes e, é quem mais vestiu as cores do clube neste torneio no atual elenco.

“É uma honra atingir essa marca em um clube tão grande. Não é fácil. Foram muitos jogadores de qualidade, algumas mudanças de treinador e eu consegui manter o alto nível para ajudar o Flamengo. É algo que me deixa muito feliz e quero continuar fazendo”, disse ao UOL Esporte.

Arão declarou gostar muito do estilo de trabalho de Paulo Sousa e se diz honrado de poder fazer parte de um elenco tão estrelado e vitorioso. Apesar de ter conquistas mais importantes, o camisa 5 está empenhado em ser pentacampeão Carioca.

“É preciso trabalhar forte no dia a dia para estar no meu melhor nível e ajudar o Flamengo a conquistar esse tetracampeonato carioca inédito. Consequentemente, seria o meu quinto título em sete que disputei, o que seria algo extraordinário”.

“A expectativa de todo jogador do Flamengo é sempre grande, é a de brigar por todos os títulos. Mas temos de pensar campeonato a campeonato. Nosso time está sendo construído com uma nova metodologia, novos conceitos, e espero que possamos assimilar o mais rapidamente possível e jogar bem sempre”, concluiu o jogador.

No domingo, o Flamengo encara o Fluminense, às 16h, no Nilton Santos. A expectativa é que Paulo Sousa escale a equipe titular e Arão esteja entre os 11. O volante é um dos pilares da equipe rubro-negra e tem mostrado sua importância ao longo dos anos.

Publicado em diariodofla.com.br