Início Notícias “Parte do elenco não gostava”; Marinho sai com o filme ‘queimado’ no...

“Parte do elenco não gostava”; Marinho sai com o filme ‘queimado’ no Santos e Rueda fica aliviado com negociação

Marinho chegou ao Santos em 2019 e tinha contrato até o fim desta temporada, mas deixou a equipe antes do esperado rumo a Gávea. A diretoria Alvinegra entrou em um acordo com o Flamengo de cerca de US$ 1,3 milhão, cerca de R$ 6,5 milhões na cotação atual. Diante disso, os executivos da equipe paulista conseguiram realizar a transferência que vinha tentando realizar desde o fim da última temporada.

O atacante era visto como referência técnica da equipe em campo e de ser querido pela torcida, mas incomodava alguns executivos no clube pelo seu comportamento, principalmente no centro de treinamento Rei Pelé. O jogador já tinha deixado claro que tinha o interesse em deixar a equipe. De acordo com informações do site ‘A Tribuna’, Marinho foi em várias oportunidades inconveniente com os funcionários do complexo alvinegro.



O site ainda informou que o atleta colocou a capacidade de alguns profissionais de diferentes setores sob suspeita e os culpou pelo mau desempenho dentro das quatro linhas. O portal ainda ressaltou que o ex-camisa 11 está mal visto pelo elenco por falar mal de companheiros de equipe reservadamente.

Foto: Guilherme Drovas/AGIF

Essas atitudes chegaram a ser presenciadas por membros do departamento de futebol e da comissão técnico do Peixe. Levando tudo isso em consideração, os executivos se posicionaram com a direção esportiva para que tivesse uma negociação, sendo no exterior ou para o mercado interno, visando a necessidade de aliviar o ambiente.



O portal ainda ressaltou que todo o discurso em entrevista, onde afirmavam que o jogador era importante, fazia apenas parte da estratégia que visava valorizar ao máximo o atleta para obter um melhor valor de venda. Entretanto, internamente é de que o objetivo foi alcançado com a sua saída.

Publicado em bolavip.com