Início Notícias Inspirado em Busquets e Arão, Igor Jesus fala sobre estilo de jogo...

Inspirado em Busquets e Arão, Igor Jesus fala sobre estilo de jogo e maior objetivo: ‘Ver minha família bem’

(/Gilvan de Souza/Flamengo)

O Flamengo começou com tudo a Copa São Paulo de Futebol Júnior. A equipe goleou o Forte-ES por 10 a 0 na estreia e o Floresta-CE por 4 a 0 na segunda rodada, garantindo a classificação para a segunda fase da competição. Um jogador que vem sendo um dos pilares da equipe é Igor Jesus. Em entrevista exclusiva ao DIÁRIO DO FLA, o volante falou sobre a carreira, estilo de jogo, objetivos e muito mais.

Sobre a campanha na Copinha, Igor Jesus ressaltou que é fundamental manter o foco. “Graças a Deus a gente vem bem. Desde o começo da preparação, estávamos bem focados para não sermos surpreendido. Então, estreamos com a goleada e depois mais uma e a classificação. Vamos manter o foco para a partida contra o Oeste, para sair com a vitória, e continuar focado com todos os atletas, para chegar no topo da competição e ser campeão”, disse.

Por ser o primeiro volante, Igor Jesus muitas vezes não tem o nome tão badalado, já que não aparece tanto na frente para fazer os gols. Entretanto, a função dele é fundamental para dar sustentação defensiva e recuar entre os zagueiros para auxiliar na saída de bola. O jovem comentou sobre o posicionamento em campo e disse se sentir confortável em fazer dar o passe inicial, de transição da defesa para o ataque.

“Com certeza. É uma opção que o treinador obteve agora, é uma responsabilidade grande que a gente tem de descer na linha de 3. Mas eu gosto muito, tenho muita confiança de fazer essa saída ali e dar o apoio para os jogadores de frente”, afirmou Igor Jesus.

Não por acaso, os principais ídolos do jovem são dois jogadores que dominam muito bem a função de primeiro volante: Sérgio Busquets e Willian Arão. “Me inspiro muito no Sérgio Busquets, do Barcelona. Tem bom passe, que é uma das minhas melhores qualidades dentro de campo, e marcação também. Me inspiro muito nele. No Flamengo eu me espelho no Arão”, afirmou.

Trajetória

Titular do Flamengo na Copinha, Igor Jesus tem apenas 18 anos e teve como primeiro clube o Desportivo Real Olímpico de Goiânia. Em seguida, o atleta ficou 3 anos no Goiás, onde se destacou no Campeonato Brasileiro sub-17. Após o término do contrato com o esmeraldino, ele chegou no Flamengo em fevereiro de 2021. O jogador falou que tinham outras equipes interessadas, mas que sonhava em atuar no Flamengo, pelo tamanho do Mais Querido.

“Soube que tinham umas cinco propostas e fiquei sabendo de duas específicas, do Bragantino e do Fluminense. Mas, eu e o empresário optamos por vir para o Flamengo. Eu tinha um sonho de passar pelo Flamengo, pela grandeza do clube. Foi muita felicidade minha e da minha família. Sou muito grato. Estar vestindo o Manto Sagrado é muito significante”, afirmou o jogador.

Saindo de Goiás para o Rio de Janeiro, Igor Jesus afirmou que o começo no Flamengo não foi tão simples, pelas saudades da família. Entretanto, o volante destacou o acolhimento de todos no rubro-negro carioca, o que facilitou na adaptação ao clube. “Foi um pouco difícil, por causa da distância da família. Mas, eu tive um apoio muito grande quando eu cheguei, me acolheram bem, todos os profissionais e todos os atletas do Flamengo. Então a minha adaptação foi até rápida e, graças a Deus, hoje está tudo certo”, disse.

Copinha

Adaptado ao Flamengo, Igor Jesus agora está com o foco total na Copa São Paulo. O volante falou sobre a preparação do Mais Querido para o torneio. A equipe fez uma pré-temporada de três semanas em dezembro, alterando os treinamentos para integrais (manhã e tarde), para fortalecer a parte física e técnica. O jogador elogiou o efeito da mudança.

“Na primeira semana, senti o impacto. Não estávamos acostumados a fazer o treino integral. Mas, compramos bastante as ideias do treinador e do preparador físico e isso, ao decorrer da preparação, foi excelente para nós chegarmos aqui bem preparados. Pegamos bem o costume e no decorrer da preparação foi tranquilo”, comentou.

Já classificado para a próxima fase, o Mais Querido tem agora uma missão mais complicada. Isso porque, sete jogadores do time titular retornaram ao Rio de Janeiro para a disputa do Campeonato Carioca profissional. Além disso, o Flamengo tem uma equipe mais jovem que as demais, formada majoritariamente por atletas sub-18. Entretanto, o volante não vê isso como um problema e continua confiante para a conquista do título.

“Nós não pensamos muito pela idade, mas na capacidade de cada jogador. Acredito que a gente possa fazer uma grande competição, independente da idade, de quem seja mais velho ou mais novo. Estamos bem preparados”, afirmou Igor Jesus.

Principal sonho

Muitos jogadores ao serem questionados sobre qual o maior objetivo na carreira, falam sobre títulos ou marcas pessoais. Igor Jesus, entretanto, foi por um outro lado. As questões individuais futebolísticas, claro, são almejadas pelo volante, mas o atleta afirmou que a grande meta profissional dele é conseguir dar um suporte para a família.

“No futebol o meu primeiro sonho é ver a minha família bem. Além disso é que em cada equipe que eu passar, possa ter uma boa trajetória, conseguir bastantes títulos e deixar minha marca. Quero também jogar na Europa um dia. Mas, o sonho principal é ver minha família bem mesmo”, disse o jogador, de 18 anos.

Agora, Igor Jesus mantém o foco na Copinha para poder conquistar os objetivos da carreira. O próximo desafio é contra o Oeste-SP, pela última rodada da fase de grupos. As duas equipes já estão classificadas e o confronto vai definir a liderança do grupo 29. O Mais Querido precisa de apenas um empate para garantir a primeira colocação. A partida será nesta terça-feira (11/01), às 21h45, na Arena Barueri.

Publicado em diariodofla.com.br