Início Notícias “Guardiola faz isso”; Mauro Cezar aprova exigência feita por Paulo Sousa no...

“Guardiola faz isso”; Mauro Cezar aprova exigência feita por Paulo Sousa no Flamengo

A exigência de Paulo Sousa para que os jogadores almocem no Flamengo ganhou elogios do jornalista Mauro Cezar Pereira. De acordo com o comentarista, a prática demonstra controle sobre o elenco, como nos tempos de Jorge Jesus. Mas lembrou que já é uma prática utilizada na Europa, como Guardiola em seus clubes. As declarações foram durante o programa “Esporte em Discussão”, nesta terça-feira (11).

O técnico Paulo Sousa fez uma exigência para que os jogadores do Flamengo almocem no clube e ganhou elogios do jornalista Mauro Cezar Pereira. De acordo com o comentarista, essa prática demonstra maior controle do elenco, como no período que foram comandados por Jorge Jesus. Ele ressalta ainda que está prática é utilizada na Europa, como Guardiola faz em seus clubes.



Durante o programa ‘Esporte em Discursão’ desta terça-feira (11), Mauro Cezar informou que essa estratégia adotada é para ter maior controle físico, além de ter filosofias próximas às europeias. O treinador não está pensando apenas na questão de almoço, mas sim, na disciplinar: “Voltou o ponto eletrônico (entrada de atletas no CT), que foi uma coisa que o Jesus colocou em 2019. Quer refeições no clube e depois do jogo, o Guardiola faz isso. Tem que ter respaldo da diretoria porque ele vai mexer com algumas coisas que pode desagradar A ou B. Foi uma coletiva muito clara, falando de tática e modelo de jogo que o seu antecessor não falava”.

Foto: Reprodução/ESPN Brasil

Mauro Cezar Pereira ainda ressaltou que o trabalho que será apresentado em campo vai ser essencial para o sucesso. Mas para isso é necessário que a equipe precise se adequar, e o jornalista reforçar que a diretoria precisará cobrar os jogadores também para isso dar certo.



Agora, a questão é o trabalho. Um ou outro vai ter um nariz torcido e cabe a diretoria dar o respaldo para o cara trabalhar. Futebol profissional os caras são bem remunerados, tem todo o conforto, mídia, torcida, gramado novo… Quer mais o que? Preguiça, técnico amigão? Não cabe mais isso”, finalizou.

Publicado em bolavip.com