Início Notícias ONG de Léo Moura lidera verba do orçamento secreto ao esporte

ONG de Léo Moura lidera verba do orçamento secreto ao esporte

O nome de Léo Moura vira assunto nas redes sociais após o portal “Estadão” divulgar que a ONG do ex-jogador foi a instituição que mais recebeu verba pública em 2021 da Secretaria Especial do Esporte do Governo Federal. O projeto é voltado para ensinar futebol para crianças e adolescentes.

De acordo com a publicação, a proximidade do ex-lateral com políticos aliados ao governo do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) “facilitou” o recebimento da quantia. Desde 2020, os “padrinhos” dos pagamentos à ONG que mais chama a atenção são o deputado bolsonarista Luiz Lima (PSL-RJ) e Davi Alcolumbre (DEM-AP), ex-presidente do Senado.

A ONG de Léo Moura recebeu mais R$ 41,6 milhões (36,5%) do chamado “orçamento secreto”. Essa prática do repasse é comum entre “aliados do Planalto”. Bilhões de reais do dinheiro arrecadado pelo país são enviado para parlamentares visando apoio político no Congresso Nacional.


Entre 2020 e 2021, o Instituo que leva o nome do ex-jogador recebeu mais do que as federações dos esportes olímpicos como a Confederação de Desportos Aquáticos (R$ 9,1 milhões), Ginástica (R$ 8,4 milhões), Vôlei (R$ 8,4 milhões) e Boxe (R$ 7,1 milhões). O repasse também o dobro da quantia recebida pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBD), que é a segunda colocada, com R$ 27,5 milhões.

Publicado em diariodofla.com.br