Início Notícias André Rocha: ‘Paulo Sousa foi contratado sem muita convicção’

André Rocha: ‘Paulo Sousa foi contratado sem muita convicção’

Foto: Flamengo / Alexandre Vidal

O Flamengo tinha uma lista de candidatos para ser o novo treinador da equipe e depois de ser reunir com os postulantes ao cargo, definiram Paulo Sousa como a melhor opção. Durante o podcast “Posse de Bola”, André Rocha falou sobre o processo de escolha no novo comandante rubro-negro e criticou o fato de Braz e Spindel terem viajado à Europa.

“O processo todo normalmente é conduzido de forma errada, o processo de contratação é sem muita convicção. O Paulo Sousa também foi contratado sem muita convicção, o Marcos Braz e o Bruno Spindel ficaram muito bem impressionados. Impressionados com o que? Eles têm o conhecimento técnico para saber qual é o perfil do treinador a ponto de ter certeza na hora da contratação? Podem ter ficado impressionados com o discurso, com a vontade dele de vir treinar o Flamengo, mas vontade até o Joel Santana vai ter, não pode ser parâmetro para contratação do treinador do Flamengo”, diz Rocha.


“Não pode ser a primeira coisa que o dirigente vai falar, ele tem que falar do perfil, se encaixa. Por sorte, até encaixa, pelo jeito encaixa. Não sei se vai dar certo, mas pelo jeito encaixa. E toda aquela pirotecnia de ficar atrás do Jorge Jesus, aquela palhaçada de ir no Estádio do Dragão, ficar lá meio que secando o Benfica, como se fosse contratar o Jorge Jesus, eu achei a estada do Flamengo na Europa lamentável, para fazer aquilo, era melhor por videoconferência”, completa.

Publicado em diariodofla.com.br