Início Notícias ‘Minha cabeça não estava preparada naquele momento para viver o que vivi’...

‘Minha cabeça não estava preparada naquele momento para viver o que vivi’ declara Hugo Souza

Hugo Souza perder espaço no elenco rubro-negro.
Foto: Alexandre Vidal/Flamengo.

O goleiro Hugo Souza conheceu os altos e baixos da carreira de um jogador de futebol precocemente. Nesse sentindo, em poucos meses de profissional no Flamengo, o jovem de 22 anos, passou de titular para terceira opção dentro do elenco. Sobre isso, o atleta admitiu que precisou repensar as atitudes fora de campo.

“O que atrapalhou mais foi o mental. Minha cabeça talvez não estivesse preparada para viver o que eu vivi naquele momento. Isso serviu de aprendizado. Para dar dois passos para trás, recuar um pouco. Pensei: ‘Se hoje eu sou o terceiro goleiro, sendo que dois meses atrás eu brigava pela titularidade, eu preciso repensar algumas coisas’. E isso não só dentro de campo. Principalmente fora de campo. Se eu não estiver bem mentalmente, não vou desempenhar meu melhor”, disse o jovem goleiro em entrevista a TNT Sports.

 

A fama 

Na época em que a promessa do Mengão estourou no Brasileiro, Hugo tomou atitudes bastante questionadas pela mídia e torcida. Sendo assim, o jogador apareceu em festas e eventos públicos e causou desgaste na própria imagem. Dessa forma, o jovem afirmou que precisou aprender a lidar com a fama.

“Na vida de um atleta de futebol, você dorme desconhecido, acorda famoso. A vida muda da noite para o dia. Lidar com isso não é tão fácil. Eu sou jovem, um ser humano. Tinha 21 anos [quando foi titular do Flamengo], tenho 22. Continuo jovem, um menino. Tudo isso me fez amadurecer bastante, crescer bastante, pensar”, disse Hugo.


“A vida do jogador de futebol é feita de altos e baixos e a gente precisa aprender a lidar com isso. Eu coloquei na minha cabeça: ‘preciso aprender a lidar com críticas e momentos ruins para desempenhar meu melhor futebol”, completou o jogador.

Publicado em diariodofla.com.br