Início Notícias ‘A carência é na ala esquerda’, diz jornalista sobre possível escalação do...

‘A carência é na ala esquerda’, diz jornalista sobre possível escalação do Flamengo

Foto: Marcelo Cortes/CRF

Depois de dois anos seguidos com títulos importantes, o Flamengo encerrou a temporada de 2021 sem conquistar nenhuma das três principais competições disputadas no Brasil. Dessa forma, o técnico Renato Gaúcho foi demitido e para seu lugar foi contratado o português Paulo Sousa. Em sua coluna no ‘UOL’, o jornalista André Rocha falou sobre uma possível carência no Fla, tendo em vista o possível esquema do novo comandante.

”Se é praticamente consenso que Filipe Luís, por conta da idade e dos problemas físicos em 2021, será um terceiro zagueiro pela esquerda no provável 3-4-2-1/3-4-1-2 quando o time estiver com a bola, quem fará a função de ala no setor? Nas escalações propostas surgem quase sempre os nomes de Bruno Henrique e Michael. Mas já ficou claro que é um desperdício ter o primeiro fixo pela esquerda, ainda mais se o ataque tiver Pedro e Gabigol. Ficaria muito longe da área adversária e sacrificado na fase defensiva”, disse, antes de emendar:

”A carência é pela esquerda. E não é acaso que o nome de Dalbert, lateral esquerdo de 28 anos da Internazionale emprestado ao Cagliari, surja como uma possibilidade no mercado, ainda como sondagem, segundo o portal italiano “Tutto Mercatto”. As características batem com as ideias de Sousa: rapidez e intensidade jogando bem aberto”, completou André Rocha.


O elenco principal se reapresenta no próximo dia 10 de janeiro para o início da pré-temporada, no entanto a estreia dos titulares só deve ocorrer em fevereiro em clássico contra o Fluminense.

Publicado em diariodofla.com.br