Início Notícias Ex-auxiliar técnico de Felipão, Paulo Sousa possui dezenas de clubes em seu...

Ex-auxiliar técnico de Felipão, Paulo Sousa possui dezenas de clubes em seu currículo como treinador

O Flamengo já tem definido o nome do novo comandante técnico para a equipe disputar a temporada 2022, o clube estava sem treinador desde a saída de Renato Gaúcho, após a derrota para o Palmeiras na final da Libertadores da América. Na última semana Marcos Braz e Bruno Spindel viajaram para Portugal em busca do novo treinador e após tentar de todas as formas trazer Jorge Jesus de volta, sem sucesso, os dirigentes acabaram optando por acertar com o técnico da seleção polonesa, Paulo Sousa.

O treinador e o Flamengo já chegaram a um acordo, resta agora o português se desvincular da seleção polonesa que diga-se de passagem não aceitou muito bem a postura de Paulo Sousa que decidiu por deixar a equipe para seguir um novo projeto junto com o Rubro-negro Carioca. “Hoje fui informado por Paulo Sousa que ele queria rescindir o contrato por causa de uma oferta de outro clube. Este é um comportamento extremamente irresponsável, inconsistente com as declarações anteriores do treinador. Portanto, recusei firmemente”, escreveu Kulesza no Twitter.



Parte da insatisfação de Cezary Kulesza, presidente da federação polonesa, se deu pelo fato de que a seleção enfrentará a Rússia na primeira fase da repescagem da Copa do Mundo de 2022. Quem também ficou surpreso com a decisão do treinador foi Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, destaque da seleção polonesa. A assessoria de imprensa do capitão do capitão polones disse ao portal ‘Interia’, que “Robert está chocado e surpreendido com as ações do treinador Sousa”.

Foto: NurPhoto/Getty Images/Poland National | Paulo Sousa é o escolhido do Flamengo
Foto: NurPhoto/Getty Images/Poland National | Paulo Sousa é o escolhido do Flamengo

A contratação do treinador pegou muitos de surpresa e até gerou críticas por parte de alguns membros da imprensa brasileira. Principalmente pelo fato, de o treinador ser pouco conhecido no futebol sul-americano, diga-se de passagem, se tudo se concretizar está será a primeira experiência do treinador no futebol sul-americano.



Paulo Sousa foi um meio-campista de sucesso com passagens pelo Benfica, Sporting, Juventus e Borussia Dortmund. Nos dois últimos clubes ele conquistou a Liga dos Campeões em 1996 e 1997, respectivamente. Além disso foi também um dos destaques da Seleção Portuguesa. Além disso atuou jogou também no Inter de Milão, Parma, Panathinaikos, e encerrou sua carreira no Espanyol, em 2002.
Paulo Sousa tem apenas 51 anos, mas já esteve a frente de diversas equipes. Como treinador iniciou a carreira em 2005, dirigindo a seleção sub-16 de Portugal e depois passou pela sub-17, sub-18 e sub-19. Foi também auxiliar técnico do brasileiro Luiz Felipe Scolari na disputa da Copa do Mundo de 2006, na Alemanha. Em 2008, iniciou na segunda divisão inglesa, tendo passagem pelo Queens Park Rangers, Swansea e Leicester.



O primeiro título conquistado foi no Videoton FC, atual Fehérvár, da Hungria, Maccabi Tel Aviv, de Israel, e Basel, da Suíça. Em 2015, Paulo Sousa comandou o Fiorentina e levou a equipe toscana à Liga Europa. Migrando posteriormente para o Tianjin Quanjian, da China, depois para o Bordeaux, da França, e finalmente para a seleção polonesa, pelo qual disputou a última Eurocopa.



Fonte: Bolavip