Início Notícias E agora? Agente diz que não existe multa no contrato e liberação...

E agora? Agente diz que não existe multa no contrato e liberação de Paulo Sousa depende exclusivamente da Polônia

(Foto: Divulgação/Seleção Polonesa)

Flamengo e Paulo Sousa já se acertaram para o técnico ser o comandante do Mais Querido em 2022. Entretanto, há apenas um empecilho: a Seleção Polonesa. O treinador tem contrato com a Polônia até o fim de 2022. E, diferente do que muitos acreditavam, não existe uma multa para a saída do comandante, como afirmou Zbigniew Boniek, responsável pela contratação do português.

Boniek era o presidente da Federação Polonesa de Futebol quando Paulo Sousa foi contratado. Segundo o ex-mandatário, não há no contrato uma multa para liberação do técnico.

“Se tivéssemos isso escrito no contrato, digamos de 500 mil euros, seria uma via de escape que permitiria aos interessados pagar essa verba a qualquer momento. Mas a ausência dessa cláusula significa que o Paulo Sousa não pode desvincular-se da federação durante o seu contrato”, afirmou ao programa ‘Przeglad Sportowy’.

Em entrevista ao programa ‘Prawda Futbolu’, Zbigniew Boniek destacou que o técnico só sai da Polônia se a Federação Polonesa liberar.

“O contrato (na Polônia) é bom e deixa bem claro que ele não pode assumir outros cargos enquanto estiver com a Federação Polonesa. Se o fizer, irá quebrar esse contrato. E essa é uma das quatro ou cinco cláusulas que permitem a rescisão do contrato por parte da Federação sem qualquer encargo. Mas trata-se de um contrato que é praticamente impossível de terminar, a menos que a Federação o queira. Encaramos isto como um grande escândalo e já tivemos muitas situações como esta”, afirmou.

Vale ressaltar que o atual presidente da Federação Polonesa, Cezary Kulesza, se manifestou sobre a situação. Ao saber da notícia, deixou claro que não vai liberar o técnico com facilidade. “Hoje fui informado pelo Paulo Sousa que queria rescindir o contrato por causa de uma oferta de outro clube. Este é um comportamento extremamente irresponsável, inconsistente com as declarações anteriores do treinador. Portanto, recusei firmemente”.

Com tudo acertado com Paulo Sousa, o Flamengo agora espera o desenrolar da situação entre o técnico e a Polônia para poder fazer o anúncio oficial. O contrato será de dois anos e o treinador vai trazer com ele uma comissão técnica formada por seis integrantes, sendo dois preparadores físicos, um treinador de goleiros, um treinador adjunto, um auxiliar técnico e um analista.

Fonte: Diário do Fla