‘Jogo contra o Porto vai ser um divisor de águas’, opina comentarista

O destino de Jorge Jesus no Benfica pode começar a ser decidido nesta quinta-feira, às 17h40, horário que os Encarnados enfrentam o Porto, no Estádio do Dragão, em partida válida pelas oitavas de final da Taça de Portugal, o principal mata-mata do país.

Se a equipe do Mister se classificar, a situação do treinador no clube pode dar uma melhorada, se o resultado for negativo, a corda que já está no pescoço, pode decretar o fim da era Jorge Jesus no Benfica. Durante o programa “Os Donos da Bola”, Renê Simões disse que a partida de logo mais será um divisor de águas.

“Se não ganhar esse jogo do Porto, a situação do Jorge Jesus vai ficar pior do que já estava. Esse jogo vai ser um divisor de águas. Também não sei como um presidente pode proibir um treinador de se encontrar com alguém. Não tem essa do presidente ter esse poder de proibir alguém de se encontrar com outra pessoa. Que regime nós vivemos? Ele pode dizer o seguinte: Olha, se você quiser acertar alguma coisa, pague a multa e vai embora, só isso que ele pode fazer.”

Siga FlamengoINFO no Facebook

Fonte: Diário do Fla