CBF revela desejo em realizar Supercopa fora do Brasil e Atlético-MG manifesta posição

footer logo

Com os títulos da Copa do Brasil e do Brasileirão em 2021, o Atlético-MG terá a chance de conquistar mais uma taça no ano que vem: da Supercopa do Brasil. De acordo com a “Rádio Itatiaia”, a CBF, organizadora do torneio, projetou uma mudança brusca na competição em busca de mudar o local da partida, sendo realizada agora nos Estados Unidos e não no território nacional.

A ideia da Confederação Brasileira de Futebol seria de arrecadar mais com patrocinadores para a partida agendada para o dia 20 de fevereiro. Ainda segundo o veículo, tanto Atlético quanto Flamengo recusaram a ideia. Sendo assim, o jogo deve ser realizado assim como nas duas últimas edições, na cidade de Brasília. Desde a volta do torneio, o Flamengo venceu as duas partidas, contra Athletico e Palmeiras.



Atlético-MG e Flamengo disputam não só mais um título em suas galerias de troféus, mas também a premiação de R$ 5 milhões. Caso a CBF ainda insista com a ideia, esse valor poderá aumentar para o vencedor do torneio. O Atlético-MG venceu as duas competições nacionais e abriu vaga para o Flamengo também disputar a competição, já que foi vice-campeão do Brasileirão.

Foto: Robson Mafra/AGIF – Galo foi campeão da Copa do Brasil e do Brasileirão em 2021

Adversário do torneio, o Flamengo ainda segue em busca de um novo treinador e aposta num acerto antes do final do ano. O Rubro-Negro traçou o perfil de um comandante vindo da Europa, da escola portuguesa. Enquanto isso, o Galo segue com Cuca para a próxima temporada e ainda analisa o mercado em busca de novos reforços. Até mesmo o nome do argentino Di María foi ligado ao clube mineiro.



Fonte: Bolavip