Início Notícias “É óbvio que não iria torcer”; Renato Augusto sai do clubismo e...

“É óbvio que não iria torcer”; Renato Augusto sai do clubismo e deixa escapar preferido na Libertadores em 2021

Depois da saída de Renato Gaúcho, que não aguentou a pressão em decorrência da eliminação na Copa do Brasil e derrota na final da Libertadores para o Palmeiras, o Flamengo vai intensificar de vez a busca por um substituto de qualidade, a partir desta sexta-feira (17), quando Marcos Braz e Bruno Spindel viajam para a Europa.

De cara, conforme publicou o GloboEsporte.com, Lisboa é a porta de entrada, mas o roteiro da dupla prevê muitos cafés e reuniões em mais cidades, não necessariamente só em Portugal. O intuito nos bastidores é bater o martelo até o Natal, já alguns nomes estão no radar: os portugueses Carlos Carvalhal (Braga), Paulo Fonseca (sem clube) e Paulo Sousa (seleção da Polônia), além, claro, de Jorge Jesus.

A preparação visando 2022 é importante, mas necessita de uma comissão técnica já definida. Além dessas questões, uma entrevista de um velho conhecido do Mais Querido chamou a atenção: Renato Augusto, ídolo do Corinthians e responsável pela evolução dos paulistas no Brasileirão, foi questionado sobre a última final da competição continental.

Foto Thiago RibeiroAGIF – Renato confirmou que torceu pelo Flamengo na Libertadores.

Com passagem pelo Rubro-Negro e já deixando claro seu carinho pelo clube, não titubeou ao dar sua resposta sobre para qual torceu: “Cara, contra o Palmeiras, principalmente. Mas é claro que acabei torcendo para o FlamengoEra meu arquirrival contra um time que tenho um carinho imenso, saí da arquibancada para o campo, foi onde iniciei a carreira. Tenho um carinho eterno. É óbvio que não iria torcer para o Palmeiras, ressaltou o camisa 8, que ficou feliz ao jogar novamente no Maracanã.

“Para mim, é um jogo especial, mas não sei. Como o Maracanã mudou muito, esse formato novo… Por ter sido torcedor de arquibancada, o antigo me dava algo maior. Esse novo virou uma arena, não parece que é o Maracanã. Foi um jogo difícil, contra um time que é um dos dois ou três melhores da América do Sul”, salientou o craque.

Retirado de Bolavip.com